John Marshall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Marshall
4º Chefe de Justiça da Suprema Corte dos Estados Unidos
Mandato 31 de janeiro de 1801
a 6 de julho de 1835
Nomeado por John Adams
Antecessor(a) Oliver Ellsworth
Sucessor(a) Roger B. Taney
4º Secretário de Estado dos Estados Unidos
Mandato 13 de junho de 1800
a 4 de março de 1801
Presidente John Adams
Antecessor(a) Timothy Pickering
Sucessor(a) James Madison
Membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pelo 13º distrito da Virgínia
Mandato 4 de março de 1799
a 7 de junho de 1700
Antecessor(a) John Clopton
Sucessor(a) Littleton Waller Tazewell
Vida
Nascimento 24 de setembro de 1755
Germantown, Colônia da Virgínia, América Britânica
Morte 6 de julho de 1835 (79 anos)
Filadélfia, Pensilvânia,
 Estados Unidos
Progenitores Mãe: Mary Isham Keith
Pai: Thomas Marshall
Dados pessoais
Alma mater College of William & Mary
Esposa Mary Willis Ambler (1783–1785)
Partido Federalista
Religião Episcopalismo
Profissão Advogado
Assinatura Assinatura de John Marshall
Serviço militar
Serviço/ramo Exército Continental
Graduação Capitão
Unidade Culpeper Minutemen
Batalhas/guerras Guerra da Independência dos Estados Unidos

John Marshall (24 de setembro de 17556 de julho de 1835) foi um dos revolucionários participantes da Revolução Americana, diplomata e jurista. Foi o quarto Chefe de Justiça dos Estados Unidos, presidindo a Suprema Corte dos Estados Unidos da América de 4 de Fevereiro de 1801 a 6 de Julho de 1835, quando morreu, e nessa função se tornou o principal fundador do direito constitucional americano e consolidou o poder de revisão do judiciário.

Precedido por
Oliver Ellsworth
Chefe de Justiça dos Estados Unidos
4 de Fevereiro de 1801 - 6 de Junho de 1835
Sucedido por
Roger B. Taney
Precedido por
Timothy Pickering
Secretário de Estado dos Estados Unidos

18001801
Sucedido por
James Madison
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.