John Wesley Hardin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
John Selman
John Wesley Hardin

John Wesley Hardin (Bonham, Texas, 26 de maio de 1853- O Passo, Texas, 19 de agosto de 1895).Filho de um ministro da Igreja Metodista foi um fora-da-lei do período da história dos Estados Unidos da América conhecido como "Velho Oeste".

Chamado de "o último pistoleiro". Um dos mais famosos, brutais e rápidos atiradores, tendo matado entre 30 e 40 pessoas no decorrer de sua vida curta, John Wesley Hardin era um matador de pontaria certeira. Hardin cometeu seu primeiro crime aos 11 anos, quando apunhalou um garoto da mesma idade. Mas foi aos 15 anos que caiu de cabeça no crime: após matar um escravo de uma fazenda, fez uma emboscada e matou três soldados que o tentaram levar pra cadeia. Foi procurado “Vivo ou Morto” por todo o Oeste, em cartazes que diziam dar recompensa de até 4.000 dólares. Ele ficou preso entre 1878 e 1894, tentou se "endireitar", mas teve uma recaída. Em agosto de 1895, em El Paso, no Texas. O pistoleiro foi morto aos 42 anos, atingido por 4 tiros nas costas, por membros dos Rangers, na cidade de Alabama

Ícone de esboço Este artigo sobre criminosos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.