John le Carré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John le Carré

John le Carré, (Poole, 19 de outubro de 1931), pseudónimo de David John Moore Cornwell, é um escritor britânico. Vive actualmente na Cornualha.

Estudou na universidade de Berna na Suíça, e na Universidade de Oxford em Inglaterra, tornando-se depois professor em Eton College antes de se juntar ao corpo diplomático britânico entre 1960 e 1964.

A sua experiência nos serviços secretos terminou repentinamente, quando o agente duplo britânico Kim Philby denunciou a identidade de dezenas de espiões compatriotas ao KGB. No entanto o seu primeiro livro ainda seria publicado enquanto estava no (MI6).

John le Carré é autor de numerosos livros de espionagem, muitos dos quais apresentam um enredo que se desenvolve no contexto da Guerra Fria. No entanto, o fim da Guerra Fria levou-o a modernizar as temáticas que serviam como pano de fundo aos seus romances, assim, introduziu na sua obra temas como o terrorismo islâmico, a problemática causada pelo desmembramento da União Soviética, a política dos Estados Unidos da América no Panamá e as manobras obscuras da indústria farmacêutica no continente africano.

Destacam-se na obra de Le Carré a estrutura extremamente elaborada dos seus romances, sendo as personagens, entre as quais se destaca o agente George Smiley, complexas e profundas, o oposto do estereótipo de espião superficial popularizado pelo James Bond de Ian Fleming. A profundidade humana, a complexidade política e moral, assim como a inteligência dos enredos levaram-no a ser considerado o autor de espionagem mais literário e filosófico do século XX.

Na sua intervenção pública, recusou vários prémios e um grau honorífico de "cavaleiro do reino" (knighthood), mantendo sempre uma postura de independência e crítica, que se materializou recentemente nas afirmações contra a guerra ao Iraque.

Obras[editar | editar código-fonte]

Nome original Brasil Portugal
Call for the Dead - (1961) O morto ao telefone Chamada para a morte (Edições 70)
A Murder of Quality - (1962) Um crime entre cavalheiros Um crime quase perfeito (Edições 70)
The Spy who Came in from the Cold - (1963) O Espião Que Saiu do Frio O Espião Que Saiu do Frio (Europa América)
The Looking-Glass War - (1965) A guerra no espelho Guerra de espelhos (Europa América)
A Small Town in Germany - (1968) Uma pequena cidade na Alemanha Algures na Alemanha (Europa América)
The Naïve and Sentimental Lover - (1971) O amante ingênuo e sentimental O amante ingénuo e sentimental (Europa América)
Tinker, Tailor, Soldier, Spy - (1974) A toupeira A toupeira (Europa América)
The Honourable Schoolboy - (1977) Quase um colegial O ilustre colegial (D. Quixote)
Smiley's People - (1979) A vingança de Smiley A gente de Smiley (Europa América)
The Little Drummer Girl - (1983) A garota do tambor não editado
A Perfect Spy - (1986) Um espião perfeito Um espião perfeito (D. Quixote)
The Russia House - (1989) A casa da Rússia A casa da Rússia (D. Quixote)
The Secret Pilgrim - (1990) O peregrino secreto O peregrino secreto (D. Quixote)
The Unbearable Peace - (1991) não editado? A paz insuportável (D. Quixote)
The Night Manager - (1993) O gerente noturno O gerente da noite (D. Quixote)
Our Game - (1995) Nosso jogo O nosso jogo (D. Quixote)
The Tailor of Panama - (1996) O alfaiate do Panamá O alfaiate do Panamá (D. Quixote)
Single & Single - (1999) Single e Single Single & Single (Círculo de Leitores)
The Constant Gardener - (2001) O jardineiro fiel O fiel jardineiro (D. Quixote)
Absolute Friends - (2003) Amigos Absolutos Amigos até ao fim (D. Quixote)
The Mission Song - (2006) O canto da missão O canto da missão (D. Quixote)
A Most Wanted Man - (2008) Um homem muito procurado Um homem muito procurado (D. Quixote)
Our Kind Of Traitor - (2010) Um Traidor dos Nossos Um Traidor dos Nossos (D. Quixote)
A Delicate Truth - (2013) Uma verdade delicada Uma verdade incómoda (D. Quixote)

Adaptações para cinema[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: John le Carré