Johnny & Associates

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johnny & Associates, Inc
株式会社ジャニーズ事務所
Tipo Pública
Indústria Música, entretenimento
Fundação Junho de 1962
Fundador(es) Johnny Kitagawa
Sede Akasaka, Minato, Tóquio, Japão
Subsidiárias Johnny's Entertainment
J Storm
J-One Records
Página oficial www.johnnys-net.jp

Johnny & Associates, Inc. (株式会社ジャニーズ事務所, Kabushikigaisha Janīzu Jimusho?) é uma agência de talentos fundada por Johnny Kitagawa em 1962. Treina e promove grupos masculinos de ídolos, coletivamente conhecidos como "Johnny's" (ジャニーズ, Janīzu?),[1] [2] no Japão.

História[editar | editar código-fonte]

1962–1989[editar | editar código-fonte]

Em 1962, Kitagawa iniciou seu primeiro grupo chamado Johnnys.[2] No entanto, este não durou até 1968, o ano em que seu primeiro sucesso real foi visto com Four Leaves.[2] Desde então, Kitagawa formou diversos atos de sucesso, como o artista solo Masahiko Kondo, que ganhou o Japan Record Award no 29º Japan Record Awards em 1987,[3] e Hikaru Genji, que se tornou o primeiro grupo da Johnny a alcançar o raro feito de ter três singles mais vendidos na parada de sucesso anual japonesa Oricon em 1988.[4]

1990–presente[editar | editar código-fonte]

Começando nos anos 90, Johnny & Associates adotou uma política de que eles rejeitariam nominações de prêmios vindos de organizações como o Japan Record Awards e Japan Academy Awards, parcialmente devido a disputa com um certo gênero musical de um de seus grupos no 32º Japan Record Awards.[5] Outra razão era a competição causada entre os grupos da Johnny e outros nominados.[6]

1991 viu a estreia de SMAP e sua expansão em muitas outras áreas de entretenimento, como apresentação de um programa regular próprio na televisão, shows em rádios, aparições em comerciais e atuação em dramas e filmes.[7] Devido a onipresença no televisão, SMAP ganhou popularidade e o single de 2003 "Sekai ni Hitotsu Dake no Hana" (世界に一つだけの花? "Uma flor diferente de qualquer outra no mundo") vendeu mais de 2,57 milhões de cópias e tornou-se o nono single mais vendido no Japão.[8] Em 1997, a agência abriu seu próprio estúdio de gravação Johnny's Entertainment.[1]

Artistas[editar | editar código-fonte]

Atuais[editar | editar código-fonte]

Bandas submetidas a Johnny's Family Club[editar | editar código-fonte]

Artistas submetidos ao círculo de artistas da Johnny's[editar | editar código-fonte]

  • 1980: Masahiko Kondo
  • 1994: Kenichi Okamoto (ex-Otokogumi)
  • 1995: Atsuhiro Sato (ex-Hikaru Genji)
  • 1996: Toma Ikuta
  • 1999: Hiroki Uchi (ex-NEWS, ex-Kanjani8)

Extintos[editar | editar código-fonte]

  • 1962: Johnnys
  • 1967: Four Leaves
  • 1971: Hiromi Go
  • 1971: Yoshiro Uchida
  • 1973: Teruyoshi Aoi
  • 1975: Johnnys Junior Special
  • 1975: Junichi Inoue
  • 1975: Jo Toyokawa[9]
  • 1975: Yoshitsugu Tonoi
  • 1976: Yasuaki Moriya
  • 1976: Mitoyu
  • 1977: Mayo Kawasaki
  • 1979: Satoshi Akagi
  • 1980: Toshihiko Tahara[10]
  • 1981: Shibugakitai[nota 1]
  • 1981: Ippei Hikaru
  • 1983: The Good-Bye[nota 2]
  • 1985: Shigeyuki Nakamura
  • 1987: Hikaru Genji
  • 1987: Otokogumi[nota 3]
  • 1990: Ninja[nota 4]

Temporário[editar | editar código-fonte]

Especiais[editar | editar código-fonte]

O grupo especial consiste de membros vindos de bandas que acabaram.
  • J-Stars (Ex-Otokogumi Kenichi Okamoto, ex-Hikaru Genji Koji Uchiumi e Atsuhiro Sato)

Estagiários[editar | editar código-fonte]

Os estagiários da Johnny & Associates são chamados coletivamente de Johnny's Jr. e ainda irão estrear. Jrs. se apresentam tanto em canções próprias como em canções de bandas estreantes, em shows de variedades como The Shōnen Club, que serve de "treinamento" como dançarinos de fundo para novas bandas da agência. Alguns grupos começaram seus trabalhos, permanecendo como estagiários e, em algumas situações, colaboraram com artistas estreantes que não faziam parte de Johnny's Jr.

  • ABC-Z,
  • Hip Hop JUMP
  • B.A.D
  • M.A.D
  • Nakayama Yuma/w. Hey! Say! 7 WEST
  • Little Gangs
  • Mis Snow Man

Estreias de unidades Jr. e colaborações[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Membros: Toshikazu Fukawa, Masahiro Motoki, Hirohide Yakumaru
  2. Membros: Yoshio Nomura, Yashisa Soga, Hachirou Kaga, Kouichi Etō
  3. Membros: Shōji Narita, Kazuya Takahashi, Kenichi Okamoto, Koyo Maeda
  4. Membros: Susumu Yanagisawa, Naoto Endō, Shinya Masaki, Nobuhide Tagaki
  5. Um artista não-Johnny

Referências

  1. a b ((en)) Johnny & Associates, Inc. JaME World (03-06-2009). Página visitada em 24-11-2009.
  2. a b c Campion, Chris. "J-Pop's dream factory", The Guardian, 21 de agosto de 2005. Página visitada em 04-09-2009.
  3. (em japonês) List of Winners from 1959–2007 Japan Record Award. Página visitada em 15-12-2009.
  4. (em japonês) 嵐、史上初の“CD、DVD4 冠”達成~シングルTOP3独占は光GENJI以来21年ぶり Oricon (18 de dezembro de 2009). Página visitada em 18-12-2009.
  5. (em japonês) キムタクが日本アカデミー賞辞退 Nikkan Sports (20 de dezembro de 2006). Página visitada em 04-09-2009.
  6. Kimutaku Declines Academy Nomination Japan Zone (20 de dezembro de 2006). Página visitada em 17-12-2009.
  7. Johnny's Jimusho Japan Zone. Página visitada em 16-12-2009.
  8. (em japonês) 「およげ!たいやきくん」がギネス認定、再評価の気運高まる Oricon (20 de fevereiro de 2008). Página visitada em 17-12-2009.
  9. (em japonês)Jo Toyokawa and Ippei Hikaru. Página visitada em 09-06-2010.
  10. Toshihiko Tahara - Aisyu Date (1980)
  11. Hey! Say! 7 to sing new "Lovely Complex" themes Tokyograph (16 de junho de 2007). Página visitada em 28 de dezembro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]