Johnson & Johnson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johnson & Johnson, Inc.
JohnsonandJohnsonLogo.svg
Slogan The Family Company
Tipo Privada, sociedade anônima (NYSE: JNJ)
Indústria farmacêutica
Fundação 1886
Sede Nova Brunswick, Nova Jersey
Empregados 110,600
Produtos Produtos farmacêuticos, utensílios médicos
Produtos pessoais de higiene
Valor
de mercado
US$ 277 bilhões (2014)[1]
Faturamento Green up.png 50.514 mil milhões USD (ano fiscal 2004/2005)
Página oficial www.jnj.com

Johnson & Johnson é uma empresa americana fundada em 1886, especializada na produção de farmacêuticos e utensílios médicos. Suas ações fazem parte da lista industrial de Dow Jones. A sede da empresa localiza-se em Nova Brunswick, Nova Jersey, Estados Unidos. A divisão de consumidores situa-se em Skillman, também em Nova Jersey. A empresa tem aproximadamente 200 subsidiárias operando em mais de 90 países, e seus produtos são vendidos em mais de 175 países do mundo.

Atualmente, a Johnson & Johnson controla 97% do mercado mundial de higiene[carece de fontes?]. É também uma empresa transnacional ou multinacional. Algumas das marcas da Johnson & Johnson são muito conhecidas, como Band-Aid (curativo), Tylenol (remédio), inúmeros produtos de higiene infantil e de beleza. Atua também com diversas linhas de produtos no Brasil através da linha Cordis, completa para procedimentos de Cardiologia Vascular, Cardiologia Endovascular e Neurologia. Porém estes são de distribuição exclusiva para médicos e hospitais.

Em 2011, a Johnson & Johnson foi acusada por ativistas de fabricar sua linha de xampus para bebês com quaternium-15 e dioxane, substâncias que podem causar câncer.[2]

Produtos[editar | editar código-fonte]

O famoso Johnson's Baby Shampoo (produto/marca da Johnson & Johnson)

Em 8 de outubro de 2009, foi anunciada a venda da marca de preservativos Jontex pela Johnson & Johnson para a Hypermarcas.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Exame.com: As maiores empresas do mundo em valor de mercado (8 de maio de 2014). Visitado em 6 de novembro de 2014.
  2. Reuters, Agência (3 de novembro de 2011). Ativistas alertam para substância tóxica em xampu Johnson Folha de S. Paulo. Visitado em 20 de novembro de 2011.
  3. Bianconi, Cesar (7 de outubro de 2009). Hypermarcas compra Jontex e Olla por US221 milhões O Globo. Visitado em 9 de outubro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.