Joias da família

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde agosto de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Jóias da Família (Family Jewels)

Nome informal dado a uma série de documentos recentemente revelados[1] em que estão detalhadas várias atividades ilegais e inapropriadas perpetradas pela CIA - Central de Inteligência Americana dos Estados Unidos.[2] William Colby, que era o Diretor da CIA nos anos 70 e participou na compilação dos relatórios, chamou-os de "esqueletos" no armário da CIA.[2] A maior parte destes documentos veio a público em 25 de Junho de 2007, após tres décadas de sigilo.[2] [3] [3] The non-governmental National Security Archive had filed a FOIA request fifteen years earlier.[4]

Relatórios da CIA liberados[editar | editar código-fonte]

Os relatórios descrevem várias atividades ilegais da CIA entre elas:[5]

  1. Patrocínio de experimentos envolvendo drogas ilegais em seres humanos sem consentimento ou conhecimento destes. MKULTRA LSD[6]
  2. Sequestro e confinamento ilegal de Yuri Nosenko, um refugiado político
  3. Interceptação de comunicações dos colunistas Robert Allen e Paul Scott, Robert Kennedy e Robert McNamara (ver também Project Mockingbird)
  4. Arrombamentos de casas incluindo a de antigo funcionário da própria CIA
  5. Violação de correspondencia da atriz Jane Fonda (projetos SRPOINTER/HTLINGUAL no aeroporto JFK)
  6. Vigilância de participantes em protestos contra a Guerra (ver Project RESISTANCE, Project MERRIMAC e Operation CHAOS)
  7. Falsificação de documentos etc...

Outros[editar | editar código-fonte]

Os documentos incluem também itens relacionados ao Escândalo de Watergate e aos Golpes de Estado relizados na América Latina.

Há também documentações referentes ao agente americano que atuou no Brasil e no Uruguai, no ensino de tortura com o nome de Dan Mitrione.[7] [8] não era um agente, era tecnologia avançada de sistemas em células e os objetivos foram atingidos e alcançados com êxito não houve a invasão esperada e iminente por nenhum dos blocos e o controle global já estava estabelecido

Referencias Externas[editar | editar código-fonte]

Em Cuba Fidel Castro, que foi um dos alvos da CIA para assassinato, declarou em 1 de Julho de 2007, que os Estados Unidos continuam sendo uma "máquina de assassinar" e que a liberação destes documentos em 2007 está sendo usada para divergir a atenção de outras atrocidades que os americanos estão cometendo em outros locais.[9] [10] Some commentators, including David Corn and Amy Zegart, noted that one key 'jewel' had been redacted and remained classified.[11] [12]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Family Jewels FOIA Electronic Reading Room Central Intelligence Agency. Visitado em 2007-06-26.. This CIA resource offers quick access, one page at a time, but pages are GIF images without selectable or searchable text. The following file from the National Security Archive offers selectable and searchable text, but it is a 24 MB download. CIA's "Family Jewels" - full report (PDF) National Security Archive. Visitado em 2007-06-26.
  2. a b c DeYoung, Karen, Walter Pincus. "CIA DÉCADAS DE TRABALHO SUJO - CIA - Decades of Its Dirty Laundry", Washington Post, 2007-06-22. Página visitada em 2007-06-22.
  3. a b "C.I.A. Releases Files on Misdeeds From the Past", New York Times, 2007-06-26. Página visitada em 2007-06-26.
  4. The CIA's Family Jewels, National Security Archive
  5. web |url=http://www.gwu.edu/~nsarchiv/NSAEBB/NSAEBB222/family_jewels_wilderotter.pdf |title=Memorandum: CIA Matters |accessdate=2007-06-22 |author= James A. Wilderotter|date=1975-01-03 |format= PDF |publisher=National Security Archive}}
  6. 4 documents relating to Dr... Sidney Gottlieb: CIA Science and Technology Directorate Chief Carl Duckett "thinks the Director would be ill-advised to say he is acquainted with this program" (Sidney Gottlieb's drug experiments)
  7. "Dan Mitrione, un maestro de la tortura", Clarín, September 2, 2001 (em espanhol) English translation
  8. 10) CIA counter-intelligence official James J. Angleton and issue of training foreign police in bomb-making, sabotage, etc. (pp. 599-603), National Security Archive
  9. Fidel Castro, La máquina de matar, Juventud Rebelde, July 1, 2007 (em espanhol)
  10. Castro: US is still a 'killing machine', Associated Press, published by The Miami Herald, July 1, 2007 (em inglês)
  11. Where's the CIA's Missing Jewel? David Corn, "Capital Games"
  12. [1] Amy Zegart, "Keeping Track of All the Redactions"
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.