Joias dos Mistérios Divinos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Joias dos Mistérios Divinos (pré-AO 1990: Jóias dos Mistérios Divinos) foi uma das primeiras obras de Bahá'u'lláh, consiste em uma longa epístola conhecida como Javáhiru´l-Asrár (Árabe: جواهر الاسرار‎) que literalmente significa "jóias" ou "essências" dos mistérios.

Um dos temas centrais do livro, assinala Bahá'u'lláh, é a explicação do retorno do Prometido sob a aparência de um novo ser humano. Em uma nota de prefácio escrita precedendo as linhas de abertura do manuscrito original, Bahá'u'lláha afirma:

"Este tratado foi escrito em resposta a um buscador que havia perguntado como o prometido Mihdí pôde ser transformado em 'Alí-Muhammad (o Báb). A oportunidade decorrente desta pergunta foi aproveitada para desenvolver diversos assuntos, todos eles de uso e benefício tanto para aqueles que buscam como para os que já alcançaram, pudésseis vós perceber com os olhos da virtude divina."

O buscador aludido na passagem acima foi Siyyid Yúsuf-i-Sidihí Isfaháni, que, naquela época residia em Karbilá. Através de um intermediário, suas perguntas foram apresentadas a Bahá'u'lláh, que revelou esta Epístola naquele mesmo dia.

Entre os diversos temas tratados neste trabalho estão:

  • o porquê da rejeição dos Profetas do passado;
  • o perigo da leitura literal das Escrituras;
  • o significado dos sinais e dos presságios da Bíblia, concernentes ao advento do novo Manifestante;
  • a continuidade da revelação divina;
  • alguns sinais da ocorrência, em breve, da própria revelação de Bahá'u'lláh;
  • significado de termos simbólicos como "o Dia do Julgamento", "a Ressurreição", "atingir a Presença Divina", e "vida e morte".
Primeira página de Javáhiru’l-Asrár, com uma nota de prefácio nos manuscritos de Bahá'u'lláh

Referências[editar | editar código-fonte]

Bahá'u'lláh. Jóias dos Mistérios Divinos. 1 ed. [S.l.]: Editora Bahá'í do Brasil, 2003. 70 p. ISBN 8532000789

Ícone de esboço Este artigo sobre Fé Bahá'í é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.