Jon Kabat-Zinn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jon Kabat-Zinn

Jon Kabat-Zinn (nascido em Junho de 1944) é professor Emérito de Medicina e director fundador da Clínica de Redução do Stress e do Centro de Atenção Plena em Medicina, na Escola Médica da Universidade de Massachusetts. Kabat-Zinn estudou budismo zen e é membro fundador do Centro Zen de Cambridge. Passou a integrar os seus conhecimentos budistas e prática de ioga na ciência médica ocidental.

Ligação entre Medicina e Budismo Zen[editar | editar código-fonte]

Jon Kabat-Zinn, um médico especialista ocidental em meditação Zen, ensinando a prática da meditação da mente alerta (mindfulness meditation, que pode também ser designada por atenção plena ou ainda consciência plena. É o fundador e director da Stress Reduction Clinic no Centro Médico da Universidade do Massachusetts, e Professor Associado no Departamento de Medicina Preventiva e Comportamental. Como investigador, o seu trabalho tem incidido principalmente na interacção corpo-mente para a cura, e nas aplicações da meditação para as pessoas com dores crónicas e problemas de stress, e autor do livro: "Full Catastrophe Living – how to cope with stress, pain and illness use mindfulness meditation". Como Jon Kabat-Zinn não apresenta a meditação da mente alerta num contexto religioso, é um método que pode ser aplicado a qualquer pessoa que sofra de stress, independentemente da sua cultura, religião, ou sistema de crenças. É exactamente a simplicidade da técnica da meditação da mente alerta que a torna útil como técnica de redução do stress. O núcleo dos ensinamentos de Jon Kabat-Zinn pode ser encontrado no seu livro, "Wherever You Go, There You Are: Mindfulness Meditation in Everyday Life."[1]

O emprego da meditação da atenção plena está a tornar-se cada vez mais popular em algumas clínicas médicas dos Estados Unidos. Despojada do seu contexto religioso, embora de inspiração na tradição de meditação Theravadin, a meditação da atenção plena significa simplesmente a aprendizagem de uma atitude aberta de aceitação em relação a tudo o que possa surgir na mente, enquanto estamos atentos a ela. As técnicas de meditação têm um longo historial de utilização milenar pelos povos originários da Índia, e muito particularmente no contexto do treino espiritual budista. Só a partir da década de 1950 estes métodos começaram a ser estudados a sério por alguns clínicos ocidentais. E só muito recentemente foram introduzidos no sistema de tratamento clínico e psicológico em muitos centros na Europa e Estados Unidos.[2]

Referências

  1. Jon Kabat-Zinn, Wikipedia em inglês
  2. Daniel Goleman - Emoções que curam. Temas e Debates, 4ª edição 2002

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Omega - Jon Kabat-Zinn, PhD
At home in our bodies - Jon Kabat-Zinn