Jon Lee Anderson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Lee Anderson

Jon Lee Anderson (15 de janeiro de 1957) é um jornalista, correspondente de guerra e escritor norte-americano, colaborador da revista The New Yorker. Também foi correspondente em zonas de guerra em locais como Afeganistão, Iraque, Uganda, Israel, El Salvador, Irlanda, Líbano e Irão, e ao longo do Médio Oriente. Anderson é conhecido por seus inúmeros perfis de líderes políticos, incluindo Hugo Chavez, Fidel Castro e Augusto Pinochet.[1]

Escreveu também para outros jornais e revistas como Harper's Magazine, Life e The Nation, e publicou entre outros: Che Guevara: A Revolutionary Life. (Che - uma Biografia), Guerrillas: Journeys in the Insurgent World, The Fall of Baghdad (Queda de Bagdá), The Lion's Grave: Dispatches from Afghanistan.

Jon Lee vive com a mulher e três filhos em Dorset, na Inglaterra.

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Inside the League. Dodd, Mead, 1986 ISBN 0396085172 (com seu irmão, Scott Anderson)
  • War zones. Dodd, Mead, 1986 (com Scott Anderson)
  • Guerrillas: Journeys In the Insurgent World. (hardcover) 1992. (paperback) Penguin Books, 2004. ISBN 0142004979
  • Che Guevara: A Revolutionary Life. Grove Press, 1997. ISBN 0802116000 (Che - uma Biografia, ed. Objetiva, ISBN 8573021527)
  • The Lion's Grave: Dispatches from Afghanistan. Grove Press, 2002. ISBN 802117236
  • The Fall of Baghdad New York: The Penguin Press, 2004. ISBN 1594200343 (Queda de Bagdá, ed. Objetiva, ISBN 8573026502)

Referências

  1. Jon Lee Anderson and Andrew Bacevich in Conversation Sydney Writers' Festival 2008 - Online Program. Sydney Writers' Festival (2008). Página visitada em 4 June 2011.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.