Joon-Ho Bong

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joon-Ho Bong
Joon-Ho Bong no 2010 Independent Spirit Awards
Nascimento 14 de Setembro de 1969 (44 anos)
Daegu, Coréia do Sul
Ocupação Diretor, roteirista
IMDb: (inglês)

Joon-Ho Bong (Hangul: 봉준호; 14 de setembro de 1969) é um cineasta e roteirista sul-coreano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Joon-Ho Bong nasceu em Daegu em 1969 e decidiu se tornar um cineasta enquanto estava no ensino médio, talvez influenciado pela sua família artística (seu pai foi um designer e seu avô um autor famoso). Graduou-se no final da década de 80 em sociologia pela Yonsei University, onde era um membro do clube do filme. Na época ele gostava de Edward Yang, Hou Hsiao-Hsien e Shohei Imamura. No começo da década de 90 ele completou um programa de dois anos na Korean Academy of Film Arts. Enquanto estudava fez vários curtas-metragens 16mm sendo que dois deles, "Memory in the Frame" e "Incoherence", foram selecionados para serem exibidos nos festivais internacionais de cinema de Vancouver e Hong Kong.

Em 1994 dirigiu um curta-metragem chamado "White People". Seu primeiro filme, Barking Dogs Never Bite, parte comédia e parte uma cruel sátira social, teve um lançamento pequeno e limitado. Seu próximo filme, Memórias de Um Assassino, baseado em uma história real dos primeiros assassinatos em série da Coréia do Sul, fez tanto sucesso comercial quanto crítico. Mas foi em 2006 que Bong alcançou um grande reconhecimento pelo seu trabalho com o filme Gwoemul — O Hospedeiro, um sucesso não só no país de origem como também internacionalmente, recebendo elogios da crítica após sua estréia no Festival de Cannes.

Em 2008, junto com Michel Gondry e Leos Carax, fez o filme Tokyo!, onde dirigiu o segmento Shaking Tokyo.

Em 2009 fez o filme Mother - A Busca pela Verdade, sobre a história de uma mãe coruja que luta para salvar seu filho deficiente de uma acusação de assassinato. O filme estreou na mostra Un certain regard do Festival de Cannes daquele ano.[1]

Em 2011 Bong foi anunciado como um membro do Word Dramatic Jury do 27º Sundance Film Festival[2] . Ele também foi anunciado como líder do júri para a mostra Caméra d'Or do Festival de Cannes de 2011.[3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Longa-metragens[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]