Jorge Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jorge Costa
Informações pessoais
Nome completo Jorge Paulo Costa Almeida
Data de nasc. 14 de Outubro de 1971 (42 anos)
Local de nasc. Porto, Portugal Portugal
Altura 1,88 m
Apelido Bicho
Informações profissionais
Posição Treinador
Clubes de juventude
1988-1990 FC Porto
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1990-1991
1991-1992
1992-2002
2002
2002-2005
2005-2006
PortugalFC Penafiel (E)
PortugalMaritimo (E)
Portugal FC Porto
InglaterraCharlton (E)
Portugal FC Porto
Bélgica Standard de Liège
Total
23 (2)
31 (1)
184 (13)
24 (0)
67 (4)
20 (2)
357 (21)
Seleção nacional
1992-2002 Flag of Portugal.svg Portugal 50 (1)
Times que treinou
2007
2008-2010
2010
2011-2012
2012–2013
2013
2013-2014
Portugal Sp. Braga
Portugal Olhanense
Portugal Académica
Roménia CFR Cluj
ChipreAEL Limassol
Portugal Paços de Ferreira
Grécia Anorthosis

Jorge Paulo Costa Almeida, conhecido como Jorge Costa, (Porto, 14 de Outubro de 1971) foi um jogador de futebol português que fez a maior parte da sua carreira no Futebol Clube do Porto. É conhecido como o bicho pelos seus colegas e pelos adeptos e em Inglaterra como Tanque.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Futebolista[editar | editar código-fonte]

Jogador carismático do FC Porto, teve a sua primeira aventura fora do país após ter sido votado ao ostracismo pelo técnico Octávio Machado assinando pelo Charlton Athletic. Regressou na época seguinte, já com José Mourinho no comando do FC Porto, tendo feito parte da equipa que venceu a Taça UEFA em 2003, a Liga dos Campeões e a Taça intercontinental em 2004.

A chegada de Co Adriaanse ao FC Porto, em 2005, marca um novo ciclo na sua vida, com o treinador holandês a deixar claro que não o considerava opção para a defesa, levando Jorge Costa, pela segunda vez, a prosseguir a sua carreira no estrangeiro, juntando-se ao ex-companheiro de F.C. Porto e selecção, Sérgio Conceição, no Standard de Liège, clube onde disputou as últimas partidas oficiais

Publicou a sua biografia O Capitão a 13 de Agosto de 2005 cuja apresentação decorreu na Ribeira (Porto).

A poucos dias de completar 35 anos, no dia 5 de Outubro de 2006, confirmou a sua retirada do futebol profissional deixando assim uma carreira recheada de títulos.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Em Dezembro de 2006, ingressa na sua carreira de treinador de futebol, tendo sido nomeado adjunto de Rogério Gonçalves no Sporting Clube de Braga.

No dia 19 de Fevereiro de 2007 torna-se treinador principal do Sporting Clube de Braga depois da saída de Rogério Gonçalves do comando do conjunto minhoto. Esta ligação manteve-se até dia 30 de Outubro de 2007, aquando do clube prescindir deste enquanto técnico.[1]

Em Junho de 2008 assinou por um ano como treinador principal do Sporting Clube Olhanense, da Liga de Honra.[2] No dia 17 de Maio de 2009, sagrou-se campeão da Liga de Honra pelo Olhanense, levando o clube ao primeiro escalão do Português, 34 anos após a última presença deste na então Primeira Divisão.[3] [4]

Em seguida seria treinador da Académica de Coimbra, assumindo no Verão de 2011 o comando técnico do Cluj, da Roménia, pelo que teve de pagar a indemnização à Académica de 150 mil euros, devida ao clube por incumprimento do contrato por parte do treinador.[5]

Dia 9 de Abril de 2012 foi despedido do Cluj, depois da derrota por 5-0 com o Rapid Bucureşti

Dia 23 de Outubro de 2012 foi apresentado como o novo treinador do AEL Limassol do Chipre. Após isso foi treinador do Anarthosis Famagusta até janeiro de 2014.

Em fevereiro de 2014, Jorge Costa sucedeu ao professor Henrique Calisto no comando técnico do FC Paços de Ferreira com contrato válido até 2014/15.[6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Jogador[editar | editar código-fonte]

Treinador[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.