Jorge I de Mecklemburgo-Strelitz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jorge I
Grão-duque de Mecklemburgo-Strelitz
Georg (Mecklenburg-Strelitz).jpg
Governo
Consorte Maria de Hesse-Cassel
Vida
Nascimento 12 de Agosto de 1779
Hanôver
Morte 6 de setembro de 1860 (81 anos)
Neustrelitz, Mecklemburgo-Strelitz
Filhos Luísa de Mecklemburgo-Strelitz
Frederico Guilherme de Mecklemburgo-Strelitz
Carolina de Mecklemburgo-Strelitz
Jorge de Mecklemburgo-Strelitz
Pai Carlos II de Mecklemburgo-Strelitz
Mãe Frederica de Hesse-Darmstadt

Jorge de Mecklemburgo-Strelitz (12 de Agosto de 1779 - 6 de Setembro de 1860) governou o estado de Mecklemburgo-Strelitz desde 1816 até à sua morte.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Jorge Frederico Carlos José de Mecklemburgo-Strelitz nasceu em Hanôver, sendo o oitavo filho do duque Carlos de Mecklemburgo e da sua primeira esposa, a princesa Frederica de Hesse-Darmstadt. Após a morte da sua mãe em 1782, o seu pai casou-se, dois anos depois, com a irmã dela, Carlota, e a família mudou-se de Hanôver para Darmstadt. Jorge ficou em Darmstadt até 1794, quando o seu pai sucedeu ao trono como duque governante de Mecklemburgo-Strelitz e teve de acompanha-lo para Neustrelitz.[1]

Herdeiro[editar | editar código-fonte]

Pouco depois de chegar a Neustrelitz, Jorge entrou na Universidade de Rostock onde estudou até 1799. Após terminar a Universidade, Jorge foi para Berlim, onde viveu com a corte prussiana, uma vez que a sua irmã Luísa se tinha casado com o rei prussiano Frederico Guilherme III.[1] Em 1802 foi para a Itália onde viveu até 1804, altura em que regressou à Alemanha para se instalar em Darmstadt.[2]

Após a Batalha de Jena-Auerstedt, Jorge viajou até Paris onde negociou a entrada de Mecklemburgo-Strelitz para a Confederação do Reno. Também participou no Congresso de Viena em 1814, altura na qual Mecklemburgo-Strelitz foi elevado a grão-ducado.[1]

Grão-duque[editar | editar código-fonte]

Quando Jorge sucedeu o seu pai no dia 6 de Novembro de 1816, encontrou o grão-ducado em mau estado. Começou por melhorar a educação dos seus súditos através da construção de escolas, uma medida que fez com que, por volta do final do seu reinado, a maioria dos habitantes de Mecklemburgo-Strelitz soubessem ler e escrever.[3] Também melhorou a agricultura e aboliu a escravatura.[1]

Jorge morreu no dia 6 de Setembro de 1860 em Neustrelitz e foi sucedido pelo seu filho Frederico Guilherme.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de Agosto de 1817, em Cassel, Jorge casou-se com a princesa Maria de Hesse-Cassel, filha do landegrave Frederico de Hesse-Cassel. Juntos tiveram quatro filhos:[4]

Referências

  1. a b c d Bogue, David (1852). The Men of the Time in 1852, Or, Sketches of Living Notables. G. Barclay. pp. 287.
  2. The Gentleman's Magazine". F. Jefferies. 1860. pp. 430.
  3. "The Gentleman's Magazine". F. Jefferies. 1860. pp. 430.
  4. http://www.thepeerage.com/p10891.htm#i108909
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Jorge I de Mecklemburgo-Strelitz