Jorge Moreira da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jorge Moreira da Silva
Retrato Oficial de Moreira da Silva
Ministro(a) de Ambiente, Ordenamento do Território e Energia de  Portugal
Mandato XIX Governo Constitucional de Portugal
Antecessor(a) Assunção Cristas
Vida
Nascimento 24 de Abril de 1971 (43 anos)
Portugal Vila Nova de Famalicão
Dados pessoais
Partido PSD
Profissão Engenheiro, Gestor de empresas
Website Portal do Governo

Jorge Manuel Lopes Moreira da Silva GOIH (Vila Nova de Famalicão, 24 de abril de 1971) é um engenheiro e político português, atual Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia de Portugal.

É especialista internacional em alterações climáticas e energia .

Carreira[editar | editar código-fonte]

Licenciou-se em Engenharia Electrotécnica, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, em 1994 tem uma pós-graduação em Alta Direcção de Empresas (PADE) pela AESE/IESE Business School – Universidade de Navarra.

É consultor de organizações internacionais na área da energia e ambiente. Foi eleito, em 2010 Vice-Presidente da Comissão Política Nacional do PSD na liderança de Passos Coelho. Foi reeleito em Março de 2012, passando a exercer as funções de Primeiro Vice-Presidente e Coordenador Permanente da Comissão Política Nacional do PSD. [1] .

É, desde Outubro de 2011, fundador e Presidente do think tank Plataforma para o Crescimento Sustentável [2] que integra 400 membros, repartidos por 27 grupos de trabalho.  Coordenou o Relatório para o Crescimento Sustentável – Uma visão pós-troika, publicado em Dezembro de 2012, identificando 27 desafios estratégicos e 511 recomendações para libertar o potencial de crescimento de Portugal.

Foi quadro do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, durante 3 anos. Abandonou, em Março de 2012, as funções de Director nas Nações Unidas [3] para exercer as funções de Primeiro Vice-Presidente do PSD. Iniciou a sua carreira nas Nações Unidas, em Abril de 2009, como Conselheiro Senior na área da energia e alterações climáticas no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. No início de 2011, foi nomeado Director da área de Economia das Alterações Climáticas, Grupo de Energia e Ambiente, no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,UNDP, em Nova Iorque. [4] Nessas funções, coordenou a área dos novos mecanismos financeiros e novos mecanismos de mercado na área da energia e alterações climáticas.

Foi presidente da Comissão Política Nacional da Juventude Social Democrata, de 1995 a 1998, deputado ao Parlamento Europeu, de 1999 a 2003, à Assembleia da República, de 2005 a 2006.

Enquanto Deputado ao Parlamento Europeu, destacou-se como Relator Permanente para as Alterações Climáticas. Foi autor, entre 1999 e 2003, de todos os Relatórios do PE sobre Alterações Climáticas, tendo sido o relator, negociador e autor da Directiva que estabeleceu o novo Sistema Europeu de Comércio de Emissões de Gases com efeito de Estufa, aprovada em 2003 (esse sistema cobre, hoje, metade das emissões europeias de CO2). Presidiu às delegações do Parlamento Europeu às Conferências das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas, UNFCCC realizadas em Haia, Bona e Marraquexe, onde se definiu a versão final do Protocolo de Quioto, e à Cimeira de Joanesburgo sobre Desenvolvimento Sustentável (2002).Presidiu ainda às negociações UE/Rússia sobre o Protocolo de Quioto, em 2001.

Entre 2003 e 2005, foi Secretário de Estado da Ciência e do Ensino Superior (XV Governo Constitucional) e Secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território (XVI Governo Constitucional)[5] .

Entre 2006 e 2009, desempenhou as funções de: Consultor do Presidente da República de Portugal, Prof. Cavaco Silva, para a Ciência, Ambiente e Energia; Consultor do Banco Europeu de Investimento (BEI), na área da Biodiversidade; Consultor da Comissão Europeia na área das alterações climáticas.

Em 2009, deixou a Casa Civil do Presidente da República para exercer as funções de Conselheiro Senior na área da energia e alterações climáticas do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, UNDP [6] [7] .

No início de 2011, foi nomeado Director da área de Economia das Alterações Climáticas, Grupo de Energia e Ambiente, no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,UNDP, em Nova Iorque. [8] Nessas funções, coordena a área dos novos mecanismos financeiros e novos mecanismos de mercado na área da energia e alterações climáticas.

É autor dos livros Genética Humana – a hora do legislador (2002) e As alterações climáticas no mediterrâneo (2003).

Foi distinguido, em 2006, com a Comenda da Ordem de Mérito Civil atribuída pelo Rei de Espanha, e, em 2009, com a insígnia de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, atribuída pelo Presidente da República Portuguesa. Representou Portugal, em Chantilly, Virginia, no encontro de Bilderberg-2012 [9]

Referências

  1. http://www.psd.pt/?idc=102 Órgãos Nacionais, in Site Oficial do Partido Social Democrata
  2. http://crescimentosustentavel.org
  3. http:www.un.org Nações Unidas
  4. http://economico.sapo.pt/noticias/moreira-da-silva-promovido-nas-nacoes-unidas_111473.html Moreira da Silva promovido na ONU
  5. http://www.parlamento.pt/DeputadoGP/Paginas/Biografia.aspx?BID=1012 Biografia, in Parlamento.pt
  6. http:www.undp.org Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento
  7. http://www.presidencia.pt/?idc=10&idi=26692 Presidente condecorou Engº Jorge Moreira da Silva, que vai exercer funções no Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas, in Página Oficial da Presidência da República Portuguesa
  8. http://economico.sapo.pt/noticias/moreira-da-silva-promovido-nas-nacoes-unidas_111473.html Moreira da Silva promovido na ONU
  9. http://www.infowars.com/bilderberg-2012-the-official-list-of-participants/
Precedido por
Assunção Cristas (Agricultura e Ambiente)
Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia
XIX Governo Constitucional de Portugal
2013 - presente
Sucedido por
Incumbente