Jorge da Rússia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jordi I.jpg

Iuri Danilovitch (em Russo: Юрий Данилович ou Iúriy Danilovitch) ou Jorge Danilovich ((? - 21 de novembro de 1325) foi príncipe de Moscou e Grão-príncipe de Vladimir. Foi um dos personagens mais detestáveis na história da Rússia medieval.

Iuri foi o primogênito de Daniel, o primeiro príncipe de Moscou. A sua primeira ação importante foi defender Pereslavl-Zalessky contra o Grão-Duque André III. Com a morte de André no ano seguinte, Iuri teve que aceitar o título de Grão-Duque de Vladimir junto com Miguel de Tver. Enquanto os tvérios sitiavam Pereslavl e até mesmo Moscou, Miguel foi até a Horda Dourada, onde o Khan elevou-o para uma posição de maior importância entre os príncipes russos.

Enquanto isso, Iuri preparou o assassinato do príncipe Constantino de Ryazan. Este monarca havia sido capturado pelo pai de Iuri em 1302 e ficou encarcerado em Moscou a partir de então. Enquanto Ryazan se recuperava de tal atrocidade, Iuri anexou o forte de Kolomna (um ponto estratégico de Ryazan) para a Moscóvia. Também capturou Mozhaisk, que sempre pertenceu aos príncipes de Smolensk. Em 1314, Iuri forjou uma aliança com Novgorod contra Tver. Assim, ele estaria forte o suficiente para desafiar Miguel de Tver, que estava aliado à Horda.

Em 1315 Iuri foi até a Horda Dourada e, após dois anos, conseguiu uma aliança com Uzbeg Khan. Após o seu casamento com a irmã do khan, Konchaka, Uzbeg Khan depôs Miguel e nomeou Iuri como Grão-Duque de Vladimir. Voltou para a Rússia com forças Mongóis e desafiou Tver. No entanto, o exército de Iuri foi derrotado e o seu irmão Boris e a sua esposa foram feitos prisioneiros. Logo a seguir, ele foi para Novgorod e suplicou por paz. Neste mesmo tempo, a sua esposa falece inesperadamente em Tver. Iuri informou ao khan que ela havia sido envenenada por ordem de Miguel. O khan amaldiçoou o príncipe em Sarai e, depois de uma tentativa, Miguel foi assassinado.

Em 1319, Iuri retornou à Rússia, odiado por outros príncipes e com baixa popularidade. Ele era agora encarregado de recolher os tributos de toda a Rússia para a Horda. Porém, o filho de Miguel, Demétrio, ainda lhe opunha. Em 1322, Demétrio, buscando vingança pelo assassinato do seu pai, foi até Sarai e persuadiu o khan de que Iuri se apropriara de grandes porções dos tributos para a Horda. Iuri foi amaldiçoado pela Horda, mas, sem que houvesse investigações maiores, foi morto por Demétrio. Oito meses depois, Demétrio foi assassinado pela Horda.

Pouco antes de sua morte, Iuri liderou o exército de Novgorod contra os Suecos e fundou um forte próximo ao Rio Neva. Após assinar o Tratado de Orekhovo em 1323, continuou suas expansões pelo leste e conquistou Velikiy Ustyug neste mesmo ano.

Precedido por
Daniel
Grão-Príncipe de Moscou
1303–1325
Sucedido por
Ivan I
Precedido por
Miguel de Tver
Grão Príncipe de Vladimir
1318–1322
Sucedido por
Demétrio de Tver