Jornal da Massa (SBT)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jornal da Massa
Jornalismo de verdade com opinião e personalidade (PT)
Informação geral
Formato Telejornal
Duração 60 minutos (local)
30 minutos (estadual)
Criador(es) Carlos Massa
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Mauro Lissoni
Apresentador(es)
Denian Couto
Paulo Martins
Ogier Buchi
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil SBT
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 1 de Janeiro de 2007 - 24 de Agosto de 2007. Rede Massa 13 de Agosto de 2009 - Presente
N.º de temporadas 9
N.º de episódios 248

Jornal da Massa foi um programa jornalístico de televisão brasileiro exibido pelo SBT aos sábados e apresentado por Carlos Roberto Massa, mais conhecido como o Ratinho.

O programa estreou no dia 1 de janeiro de 2007 e tratava de notícias policiais e fazia críticas ao governo. Depois de meses fora do ar, Carlos Massa voltou ao ar apresentando o telejornal, que já comandou outro programa do SBT, o Você é o Jurado, que era exibido às terças.

O telejornal vinha conseguindo bons índices de audiência segundo o Ibope, vencendo sua principal concorrente no horário, a Rede Record, e garantindo a vice-liderança para o SBT.

Com a aquisição das emissoras do SBT no Paraná pelo Grupo Massa (conhecido anteriormente por GPP, ou Grupo Paulo Pimentel), o nome "Jornal da Massa" passou a designar o telejornal matutino da Rede Massa, como passou a ser conhecida.

O novo Jornal da Massa inicia 13 de agosto de 2009 expressa a opinião dos seus debatedores[1] Denian Couto, Ogier Buchi, Ruth Bolognese e Ernani Buchmann  em suas ausências e substituido por Paulo Martins.

No programa do dia 12 de abril de 2013 Ogier Buchi se retira do programa ao vivo em que Ruth Bolognese interrompe o seu comentário. Após um longo período de ausência o apresentador Ogier Buchi em 07 de agosto de 2013 retorna ao programa vivo surpreendente os debatedores do Jornal da Massa com música do Roberto Carlos Eu Voltei.

Em 28 de março de 2014 o porgrama teve última participação do debatedores Paulo Martins[2] e Ogier Buchi[3] por decisão da empresa programa encerrar a participação dos comentarias.

“Amigos, hoje(28) fiz minha última participação no Jornal da Massa. Por uma decisão legítima da direção da Rede Massa – Oficial o telejornal não mais contará com comentaristas. Agradeço aos que acompanharam e compartilharam o programa, aos colegas de bancada Denian Couto, Ogier Buchi, Ruth Bolognese e também a todos da emissora por terem sustentado o formato que nos proporcionou fazer o debate e enfrentar as amarras culturais que envolvem a imprensa brasileira. Sigo como colunista do telejornal SBT Paraná. A vida segue.”
 
Paulo Eduardo Martins.

Com ausência dos debatedores o programa era apresentado por Denian Couto. Gerou-se revolta nas redes sociais que apresentadores foram censurados e demitidos, telespectadores criaram petição online pelo Retorno dos Comentaristas do Jornal da Massa[4] por decisão da empresa programa encerrar a participação dos comentarias.

Após a polemica mudança pela direção da empresa Ratinho[5] anuncia o retorno formato tradicional e dos debatedores.

A re-estréia do Jornal da Massa em 14 de abril de 2014 com novo cenário e presença debatedores o telejornal volta com comentários dos apresentadores.[6]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.