José Aristodemo Pinotti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

José Aristodemo Pinotti (São Paulo, 20 de dezembro de 1934 — São Paulo, 1º de julho de 2009) foi um médico ginecologista e político brasileiro.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Pinotti formou-se em medicina na Universidade de São Paulo em 1958. Especializou-se em câncer ginecológico e mamário na Universidade de Florença, Istituto Nazionale dei Tumori de Milão e Institute Gustave Roussy de Paris.

Foi diretor executivo do Instituto da Mulher do Hospital das Clínicas de São Paulo e chefe do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da USP.

Suas atividades científicas incluíram mais de mil publicações entre livros, artigos, monografias e participação em congressos nacionais e internacionais.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Foi nomeado reitor da UNICAMP pelo então governador Paulo Maluf em decreto publicado no dia 20 de fevereiro de 1982, tendo permanecido no cargo até meados de 1986 – já na gestão de Franco Montoro. Durante sua gestão foi instalada a prefeitura do campus, oficialmente estabelecido o Instituto de Geociências e criados o Instituto de Economia e a Faculdade de Educação Física.

Pinotti foi secretário da Educação do Estado de São Paulo entre 1986 e 1987 (gestão Montoro); secretário Estadual da Saúde de 1987 a 1991 (gestão Quércia), secretário de Saúde na Prefeitura de São Paulo em 2000 (gestão Régis de Oliveira), secretário municipal de Educação São Paulo entre 2005 e 2006 (gestão Serra), secretário estadual de Ensino Superior em 2007 (gestão Serra) e secretário municipal especial da Mulher de São Paulo (gestão Kassab).

Também foi candidato à prefeitura de São Paulo em 1996, pelo PMDB, tendo 101.356 votos (5º colocado).

Antes de filiar-se ao DEM, em 2007, passou pelo PMDB (entre 1989 e 1997 e entre 2001 e 2003), pelo PSB (entre 1997 e 1998), pelo PV (entre 1999 e 2001), e pelo PFL (entre 2003 e 2007).[1]

Estava em seu terceiro mandato como deputado federal e licenciou-se em 04/03/09 para tratamento de um câncer de pulmão, tendo falecido em 01 de julho de 2009.[2]

Seu suplente Milton Vieira assumiu a sua vaga.


Precedido por
Plínio Alves de Moraes
Reitor da Unicamp
19821986
Sucedido por
Paulo Renato Souza
  1. Morre o médico e deputado federal José Aristodemo Pinotti (01/07/09). Visitado em 07/02/15.
  2. Morre o médico e deputado federal José Aristodemo Pinotti (01/07/2009). Visitado em 07/02/2015.