José Artur Barbosa de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Artur
Informações pessoais
Nome completo José Artur Barbosa de Oliveira
Data de nasc. 22 de outubro de 1984 (30 anos)
Local de nasc. Ibititá (BA), Brasil Brasil
Altura 1,83 m
Destro
Informações profissionais
Período em atividade 2007-presente (8 anos)
Clube atual Brasil São Caetano
Número 2
Posição Lateral-direito e/ou Zagueiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20072008
2008
2009
2009
20102013
2012
2013
2014
2015
Brasil Vitória da Conquista
Brasil Central-PE (emp.)
Brasil Mirassol (emp.)
Brasil São Caetano (emp.)
Brasil São Caetano
Brasil Palmeiras (emp.)
Brasil Ponte Preta (emp.)
Brasil Figueirense
Brasil São Caetano


0003 0000(0)
0018 0000(4)
0104 000(14)
0043 0000(3)
0039 0000(3)
0003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 11 de maio de 2014.

José Artur Barbosa de Oliveira, mais conhecido como Artur (Ibititá, 22 de Outubro de 1984), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-direito e zagueiro. Atualmente está no São Caetano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2012, Artur foi contratado por empréstimo pelo Palmeiras, primeiramente pra ser reserva de Cicinho no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil.[1]

Artur ganhou destaque pelo seu início arrasador com a camisa palmeirense. Mesmo sendo um jogador de defesa, fez três gols nas suas três primeiras partidas pelo Campeonato Paulista de Futebol de 2012, sendo elas contra o XV de Piracicaba, Ituano e o Guaratinguetá.[2]

Ganhou a vaga de titular na fase final da Copa do Brasil, ajudando o Palmeiras a conquistar um título nacional após doze anos[3] . Foi, no entanto, no mesmo ano, titular do elenco que rebaixou o Palmeiras para a Série B do Campeonato Brasileiro[4] .

A queda, por sua vez, pesou para que a diretoria não demonstrasse interesse em adquirir o jogador em definitivo, que ao final do ano, quando se encerra seu empréstimo com o Palmeiras, volta ao São Caetano.[5]

Em fevereiro de 2014, chegou a ser apresentado no América Mineiro, porém antes de assinar o seu contrato o jogador alegou um incômodo no joelho, e que não poderia jogar imediatamente. Como o contrato seria até o final do Campeonato Mineiro e sua recuperação levaria uns 20 dias, o jogador achou melhor não ficar.[6] [7] Em março acertou com o Figueirense.[8]

No final de junho, rompeu seu contrato com o clube catarinense e interrompeu sua carreira para cuidar de sua esposa, diagnosticada com Febre reumática. Retomaria suas atividades só no ano seguinte, retornando ao São Caetano.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Palmeiras
Ponte Preta
Figueirense

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.