José Dolores Estrada Morales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


José Dolores Estrada Morales (? - 1911), atuou brevemente como presidente interino da Nicarágua por uma semana entre 20 a 27 de agosto de 1910, durante o tumultuado período após queda de José Santos Zelaya e de José Madriz, após liderar uma rebelião, apoiada pelos Estados Unidos, que destituiu estes governantes[1] . Entregou o poder ao seu irmão, Juan José Estrada[2] . Faleceu no ano seguinte.


Referências

  1. Flavio Rivera Montealegre. Ruben Dario: Su Vida y Su Obra. [S.l.]: iUniverse. 488 pp. 1469779609
  2. Adolfo Miranda Sáenz. Tribulaciones de un español en París. [S.l.: s.n.]. 200 pp. 9992408170
Cargos políticos


Precedido por
José Madriz
Presidente da Nicarágua
1910
Sucedido por
Luis Mena Vado