José Leandro de Souza Ferreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Leandro
Informações pessoais
Nome completo José Leandro de Souza Ferreira
Data de nasc. 17 de março de 1959 (55 anos)
Local de nasc. Cabo Frio (RJ),  Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Altura 1,82 m
Apelido Peixe-Frito
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Lateral-direito
Clubes de juventude
1976–1978 Brasil Flamengo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1979–1990 Brasil Flamengo 417 0(14)
Seleção nacional3
1981–1986 Brasil Brasil 028 00(2)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 14 de junho de 2011.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 14 de junho de 2011.

José Leandro de Souza Ferreira, mais conhecido como Leandro (Cabo Frio, 17 de março de 1959) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como lateral-direito. É ídolo da torcida do Flamengo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Dedicou toda a sua carreira ao Flamengo, desde as categorias de base, entre 1976 e 1978, até os últimos dias dela em 1990.

Rubro-negro de coração, foi um lateral-direito muito técnico, que apoiava bastante o ataque, mas que também marcava atrás com eficiência. Participou da era gloriosa do Flamengo, que sob o comando de Zico, conquistou no início dos anos 80 três Campeonatos Brasileiros, a Copa União, a Taça Libertadores da América de 1981 e a Copa Europeia/Sul-Americana de 1981.

Considerado por muitos jogadores, treinadores e críticos esportivos como o maior lateral-direito que o Brasil já produziu, Leandro também integrou a maravilhosa Seleção Brasileira, que disputou a Copa do Mundo de 1982.[1]

Em 1985, em virtude de um série de contusões nos joelhos, Leandro passou a jogar como zagueiro e, nesta nova posição, fez parte do time rubro-negro campeão da Copa União em 1987, competição nacional daquele ano.

Mesmo com suas constantes lesões, Leandro foi convocado por Telê Santana para a Copa do Mundo de 1986. Entretanto, durante os preparativos para a competição, Leandro e Renato Gaúcho escaparam da concentração da Seleção para curtir a noite belo-horizontina (A Seleção estava hospedada na Toca da Raposa I). No retorno, Leandro não conseguiu escalar o muro e, em solidariedade ao companheiro, Renato também permaneceu do lado de fora. Em seguida, Telê cortou Renato do grupo, mas manteve o nome de Leandro. Retribuindo o gesto de solidariedade, Leandro recusou-se a participar daquela Copa.

Encerrou sua carreira precocemente em 1990, contabilizando 411 jogos e 18 gols marcados com a camisa rubro-negra. Nos dois anos seguintes, entrou mais 25 vezes em campo.

Leandro recebeu uma estatua de bronze em sua homenagem na sua cidade natal Cabo Frio, a estatua fica em exposição gratuita na praça das aguas.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Seleção Brasileira

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Leandro atuou em todas as posições no time do Flamengo, com exceção na de goleiro
  • Hoje em dia é dono de uma pousada no Cabo Frio

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.