José Manuel Riveros Nigra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José M. Riveros.

José Manuel Riveros Nigra é, atualmente, professor titular do Instituto de Química da Universidade de São Paulo1 . Atua também como assessor da Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Sincrotron, como membro do corpo editorial do International Journal Of Mass Spectrometry e Mass Spectrometry Reviews e preside a Sociedade Brasileira de Espectrometria de Massa2 3 . É conhecido internacionalmente por suas contribuições na área de reações íon-molécula em fase gasosa, na qual a utilização de espectrometria de massas e cálculos de estrutura eletrônica, suas especialidades, é de fundamental importância.

História[editar | editar código-fonte]

Nascido em 1940 em Asunción, Paraguay, obteve seu título de Bacharel em Quimica pela Universidade da California em 1962 e seu grau de doutor em Quimica pela Universidade Harvard em 1966, sob orientação do renomado Edgar Bright Wilson4 . Com cerca de uma centena de publicações suas contribuições na área de físico-química lhe renderam, além de uma reação com seu nome, a Reação Riveros, diversos prêmios e honrarias.

Prêmios e Honrarias[editar | editar código-fonte]

Dentre os prêmios recebidos estão:

  • 1980 - MEMBRO TITULAR, Academia Brasileira de Ciências/ABC.
  • 1980 - 1ST JOSE GOMEZ IBANEZ MEMORIAL LECTURER, WESLEYAN UNIVERSITY/W.U..
  • 1996 - Ordem Nacional do Mérito Científico e Tecnológico, Presidencia da Republica.5
  • 1998 - Premio Rheimboldt Hauptmann, Rhodia.
  • 2001 - Medalha Simão Mathias, Sociedade Brasileira de Química.
  • 2005 - Ordem Nacional do Mérito Científico e Tecnológico - Gra Cruz, Presidencia da Republica.6

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www2.iq.usp.br/fundamental/index.dhtml?pagina=44&chave=kuj
  2. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4783058P0
  3. http://www.brmass.com.br/sociedade.html
  4. http://www.usp.br/massa/riveros/
  5. http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/72746.html
  6. http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/10862.html