José Marciano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

José Marciano (Bauru, 1 de abril de 1951), ou simplesmente Marciano, é um cantor brasileiro de música sertaneja.

Marciano projetou-se ainda durante os anos 70 ao lado de João Sant'Ângelo, o "João Mineiro". Anteriormente, cantava em uma outra dupla sertaneja denominada Nivando e Nivaldo, que se apresentava nas redondezas. Posteriormente, foi tentar a sorte em São Paulo fazendo dupla com João Mineiro, com quem chegou a apresentar ainda nos anos 80 um programa televisivo no SBT e compôs a dupla João Mineiro e Marciano.

Desde 1993 está em carreira solo, e em 1998 lançou o CD Encontros – o primeiro da sua carreira solo.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Para muitos amantes da musica sertaneja, a dupla Joao Mineiro e Marciano representou uma epoca romantica da musica sertaneja, emplacando sucessos como SEU AMOR AINDA E TUDO e AINDA ONTEM CHOREI DE SAUDADE, de composi;ao de Moacyr Franco. Juntamente com Jo'ao Mineiro tinham o apelido de OS INIMITAVEIS, pelas suas vozes diferenciadas. Se a m[usica sertaneja hoje tem uma express'ao relevante no panorama musical, com certeza deve muito a Marciano e seu parceiro, os quais ainda s'ao reverenciados pelos artistas da classe sertaneja.