Josefina de Lorena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Josefina de Lorena
Princesa de Carignano
Princesa de Lorena
Princesa de Carignano
Reinado 16 de dezembro de 1778
a setembro de 1780
Predecessor Cristina de Hesse-Rotenburg
Sucessor Maria Cristina da Saxónia
Cônjuge Vítor Amadeu II, Príncipe de Carignano
Descendência
Carlos Emanuel, Príncipe de Carignano
Nome completo
Maria Josefina Teresa
Casa Saboia
Lorena
Pai Luís, Príncipe de Brionne
Mãe Louise de Rohan
Nascimento 26 de agosto de 1753
Morte 8 de fevereiro de 1797 (43 anos)
Palazzo Carignano, Turim
Enterro Basílica de Superga, Turim

Josefina de Lorena (Maria Josefina Teresa), (26 de Agosto de 1753 - 8 de Fevereiro de 1797) foi uma princesa da Casa de Lorena e princesa de Carignano por casamento. Era avó paterna do rei Carlos Alberto da Sardenha, de quem descende a casa real de Itália.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Josefina com a sua irmã, a princesa Carlota

Maria Josefina Teresa de Lorena era a segunda dos quatro filhos de Luís de Lorena, príncipe de Brionne, um ramo menor da Casa de Guise, chefe de uma das famílias mais influentes do antigo regime francês. O ramo sénior e soberano da Casa de Lorena juntou-se à Casa Imperial de Habsburgo ainda durante a sua vida graças ao casamento do último duque reinante, Francisco, com a imperatriz Maria Teresa da Áustria. A sua mãe também pertencia a uma família poderosa de princes étrangers, a Casa de Rohan. O seu irmão, Carlos Eugénio de Lorena, príncipe de Lambesc, foi quem acompanhou a sua parente, Maria Antonieta, para França de Viena em 1770 e tornou-se embaixador de França. Foi também o último membro masculino do ramo de Guise da Casa de Lorena.

A 18 de Outubro de 1768, Josefina casou-se com o príncipe Vítor Amadeu de Saboia, filho e herdeiro de Luís Vítor, Príncipe de Carignano, e da sua esposa alemã, a landegravina Cristina Henriqueta de Hesse-Rotenburg. Amadeu era irmão da princesa de Lamballe, a trágica confidente de Maria Antonieta.

O príncipe Carlos Emanuel de Saboia nasceu em Turim a 24 de Outubro de 1770. Josefina morreu aos quarenta-e-três anos de idade em Turim, no Palazzo Carignano e foi enterrada na Catedral de Turim, onde permaneceu até 1816, ano em que foi transladada para a Basílica de Superga, durante o reinado de Vítor Emanuel I da Sardenha.

Descendência[editar | editar código-fonte]

  1. Carlos Emanuel, Príncipe de Carignano (24 de Outubro de 177016 de Agosto de 1800), casado com a princesa Maria Cristina da Saxónia; com descendência.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Josefina de Lorena em três gerações[1]
Josefina de Lorena Pai:
Luís, Príncipe de Brionne
Avô paterno:
Luís, Príncipe de Lambesc
Bisavô paterno:
Henrique, Conde de Brionne
Bisavó paterna:
Marie Madeline d'Epinay
Avó paterna:
Jeanne Henriette Marguerite de Durfort
Bisavô paterno:
Jacques Henri de Durfort de Duras
Bisavó paterna:
Louise Madeleine Eschalard de La Marck, condessa de Braine
Mãe:
Louise de Rohan
Avô materno:
Carlos, Príncipe de Rochefort
Bisavô materno:
Carlos III, Príncipe de Guéméné
Bisavó materna:
Charlotte Élisabeth de Cochefilet Marie Anne d'Albert
Avó materna:
Eléonore Eugénie de Béthisy
Bisavô materno:
Eugène Marie de Béthisy, marquise de Mézières
Bisavó materna:
Eléonore Oglethorp

Referências

  1. The Peerage, consultado a 18 de Fevereiro de 2014
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Josefina de Lorena