Joseph Kittinger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Salto do recorde de Kittinger (Com a missão "Red Bull Stratos", este ficou em 2º lugar).

Joseph William Kittinger II (Tampa, 27 de Julho de 1928) é um antigo piloto da força aérea dos Estados Unidos da América. Ele ficou famoso por participar do projeto Excelsior onde ele saltou de um balão de hélio de uma altitude de 31.300 m (102.800 pés), no dia 16 de agosto de 1960. Em 2012, a propósito da missão "Red Bull Stratos", foi o principal contato de rádio entre o solo e a cápsula onde se encontrava Felix Baumgartner, enquanto subia em direção ao espaço, antes de realizar o salto mais alto de sempre.

O Projeto Excelsior[editar | editar código-fonte]

Kittinger foi designado pelo Aerospace Medical Research Laboratories da base aérea de Wright-Patterson AFB em Dayton, Ohio, para o Projeto Excelsior. O projeto consistia em uma série de saltos, para testarem o sistema Beaupre de paraquedas de multi-estágios que fosse confiável após uma ejeção a grandes altitudes e a velocidades supersônicas.

O salto[editar | editar código-fonte]

No dia 16 de Agosto de 1960, ele realizou o salto final, o Excelsior III a 31.300 m (102.800 pés). Ele ficou em queda livre por 4 minutos e 36 segundos e alcançou a velocidade máxima de 700km/h (614 milhas por hora) antes de abrir seu pára-quedas a 5.500 m (18.000 pés). Ele bateu os recordes para a maior altitude alcançada por um balão, maior altitude de um salto de paraquedas, maior queda livre e maior velocidade atingida por um homem através da atmosfera. O tempo total do salto durou 13 minutos e 45 segundos e Kittinger foi exposto a temperaturas de até -70 Celsius. De acordo com Kittinger, ele quebrou a barreira do som chegando a 1.148 km/h (714 milhas por hora) durante seu famoso salto.

Além do fato de certas fontes não confirmarem que Kittinger chegou a quebrar a barreira do som, existem também divergências de que o salto de Kittinger não foi uma queda livre real, já que ele usou um pequeno paraquedas, que se abriu 13 segundos após pular da gôndola, para estabilizar sua queda. Kittinger teria percorrido então cerca de 25.800m de queda livre. Há também o fato de que o salto foi para fins militares, o que não consta como recorde.

De acordo com o Guinness book of records, Eugene Andreev (USSR) detém o recorde oficial da FAI (Fédération Aéronautique Internationale) de maior queda livre. No dia 1 de novembro de 1962, perto da cidade de Volsk, Andreev percorreu a distância de 24.500m, depois de pular de uma altitude de 25.458 m (83.523 pés) e só abrindo seu paraquedas a 958m do solo. Andreev aterrissou com segurança perto da cidade de Saratov.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

(em inglês)