Juan Muñoz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juan Muñoz
Último trabalho de Juan Muñoz, em Porto, Portugal
Nascimento 17 de junho de 1953[1] [2]
Espanha Madrid
Morte 28 de agosto de 2001 (48 anos)
Ibiza
Ocupação Escultor

Juan Muñoz (Madrid, 17 de junho de 1953Ibiza, 28 de agosto de 2001) foi um escultor espanhol, que trabalhava principalmente com papel machê, resina e bronze. Ele também se interessava por artes auditivas, e criou composições para rádio. Juan se auto-descrevia como "contador de histórias".[3] Em 2000, ele foi reconhecido no "Premio Nacional de Artes Plásticas de España";[4] faleceu pouco tempo depois, em 2001.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Juan Muñoz nasceu em 1953, o segundo dos sete filhos de Vicente e Herminia Muñoz.[1] Seu pai contratou um poeta, que também era crítico de arte, para passar-lhe lições, o que deu a Muñoz uma idéia de modernismo.[5] Ele cresceu durante o regime de Francisco Franco. Nos anos setenta, mudou-se para a Inglaterra, para estudar na Central Saint Martins College of Art and Design.[6] Lá ele conheceu sua esposa, a também escultora Cristina Iglesias,[2] com quem teve dois filhos. Em 1982, ele foi premiado pelo Programa Fulbright e viajou para os Estados Unidos para estudar no Instituto Pratt, em Nova York.[3]

Sua primeira exibição ocorreu em 1984, na Galeria Fernando Vijande, em Madrid.[1] Desde então, são trabalhos tem sido frequentemente exibidos na Europa e em outras partes do mundo.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Quem é Juan Muñoz (em português) Terra. Página visitada em 21 de maio de 2010.
  2. a b García, Ángeles (20 de abril de 2009). Reencuentro en el laberinto de Juan Muñoz (em espanhol) El País. Página visitada em 21 de maio de 2010.
  3. a b Searle, Adrian (30 de agosto de 2001). Juan Muñoz (em inglês) The Guardian. Página visitada em 21 de maio de 2010.
  4. Premio Nacional de Artes Plásticas (em espanhol) Ministério da Cultura da Espanha. Página visitada em 21 de maio de 2010.
  5. Hall, James (12 de janeiro de 2008). The bronze sorcerer (em inglês) The Guardian. Página visitada em 21 de maio de 2010.
  6. James Lingwood in conversation on Juan Muñoz (em inglês) Tate.org.uk. Página visitada em 21 de maio de 2010.





Links[editar | editar código-fonte]