Juana la virgen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Novembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Juana la virgen
Joana, a Virgem (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama, romance
País de origem  Venezuela
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Tony Rodríguez
Otto Rodriguez
Produtor(es) Hernando Faría
Elenco Daniela Alvarado
Ricardo Alamo
Roxana Díaz
Eduardo Serrano
Tema de abertura "Sólo a tu lado quiero vivir" por Jyve V
Exibição
Emissora de
televisão original
Venezuela RCTV
Brasil Rede Record
Transmissão original Venezuela 14 de março de 2002-16 de outubro de 2002
Brasil 15 de julho de 2002-8 de março de 2003
N.º de episódios 153

Juana la virgen (no Brasil, Joana, a Virgem) é uma telenovela venezuelana exibida de 15 de julho de 2002 a 8 de março de 2003 pela Rede Record às 20h15. A trama foi escrita por Perla Farias, e teve a direção de Tony Rodríguez. Desde janeiro de 2013, está disponível no Brasil para assistir online, dublada e na íntegra, em 153 capítulos, pelo site Netflix.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Joana é uma jovem rebelde e feliz que está terminado o colegial. Ela ganhou uma bolsa de estudos em uma faculdade no exterior dias antes da partida Joana sofre um desmaio e sua mãe Ana Maria marca um consulta no ginecologista. Ela vai a essa consulta. Uma das enfermeiras deixa cair uns papéis e acaba misturando a ficha de Joana com a de outra mulher, a que seria inseminada e teria o filho de Mauricio de la Veja. Joana nem percebe o que está se passando, mas depois de alguns dias começa a sentir enjoos e, ao consultar um médico, descobre que está grávida, mas como, se é virgem?

Maurício é um homem que deseja a todo custo ter um filho. Ele ficou muito doente após ter Câncer e decidiu congelar seu sêmen para que pudesse ter filhos. Depois que termina o tratamento, descobre que não pode mais ter filhos, pois ficou estéril. Ele é dono de uma revista chamada Positivo, ali trabalham seu sogro Rogério Vivas e seu cunhado Alfredo Vivas. É casado com Carlota.

Rogério deseja a todo custo ter o controle da Revista Positivo e para isso fará de tudo para prejudicar Maurício, mesmo este sendo seu genro, já que se casou com Carlota, sua filha, a grande vilã da história. Rogério ainda é pai de Humberto, de quem não gosta muito, já que acha que sua mulher Amparo o mimou demais. Rogério irá cometer um crime: matará Francisco, um dos sócios da Revista Positivo. Tudo para comandar as suas ações e ficar com Desirée, mulher de Francisco.

Grávida, Joana deverá suportar a desinformação e o fanatismo de quem vê nela uma espécie de reencarnação da Virgem Maria, e quando Maurício descobre que há uma mulher desconhecida que espera um filho seu, começa então uma busca desesperada, até que ambos, por motivos profissionais, terão unidas suas vidas, não sem que antes haja muitos desencontros.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Daniela Alvarado... Joana Pérez
  • Ricardo Álamo... Maurício de la Vega
  • Roxana Díaz... Carlota Vivas de la Vega
  • Juan Carlos Alarcón... Manoel Pérez
  • Jonathan Montenegro... David
  • Maríalejandra Martín... Ana María Pérez
  • Eduardo Serrano... Rogelio Vivas
  • Eliana López... Enriqueta
  • Leonardo Marrero... Alfredo Vivas
  • Miguel Ferrari... Armando Salazar
  • Manuel Salazar... Salvador
  • Flor Helena González... Amparo
  • Freddy Galavís... Popeye
  • Aura Rivas... Dona Açucena
  • Norkys Batista... Desirée
  • Verónica Cortés... Bibi
  • Martín Brassesco... Humberto Vivas
  • Juliet Lima... Brandy Yuleisy
  • Laura Muñoz... Shiva
  • Gabriel López Medrano... Rafael
  • Miguel Ángel Sanz... Nicolás

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A atriz Norkys Batista assinava na época como Norkis Batista. Já Juliet Lima assinava como Julie Lima.

Referências