Jurema-preta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaJurema-preta
Mimosa Hostilis.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Género: Mimosa
Nome binomial
Mimosa hostilis
Benth.

Jurema-preta (Mimosa hostilis Benth.) é uma árvore pertencente à família Fabaceae, da ordem das Fabales típica da caatinga, ocorrendo praticamente em quase todo nordeste brasileiro. Bem adaptada para um clima seco possui folhas pequenas alternas, compostas e bipinadas com vários pares de pinas opostas. Possui espinhos e apresenta bastante resistência às secas com grande capacidade de rebrota durante todo o ano. Usada pelos índios da etnia xucurus-cariris em conjunto com a Jurema Branca (Mimosa verrucosa). É utiliza tradicionalmente para fins medicinais e religiosos. Sua casca é usada para fins medicinais e a casca de sua raiz é a parte da planta usada nas cerimônias religiosas pois possui grande quantidade de substâncias psicoativas, como o DMT.

Segundo classificação apresentada no Erowid [1] a Jurema Preta corresponde à Mimosa tenuiflora, para Menezes [2] corresponde à Mimosa nigra ou Acácia jurema M. segundo ele semelhante à Jurema-branca esgalhada e armada. Na descrição de Von Martius (1794 — 1868) no livro Flora brasiliensis (1840-1906) [3] a Mimosa hostilis pertence à familia Leguminosae (Fabaceae); subfamilia. Mimoseae; tribo Eumimoseae (Mimosa L.) sect. Habbasia e ser. Leptostachyae.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Erowid Plants - Mimosa in: The vaults of Erowid
  2. Menezes, Inácio. Flora da Bahia. Br, Brasiliana, 1949
  3. Martius, Carl Friedrich Philipp von Flora brasiliensis on line

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre leguminosas (família Fabaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.