Kachin (povo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kachin
Jingpaw, Jingpho
Kachin.JPG
Vestidos tradicionais do Kachin
População total
Regiões com população significativa
Myanmar
(Birmânia)
1-1.5 milhoes
(Kachin (estado):540 mil)
China 130 mil
Línguas
Línguas Jingpo, Zaiwa, Maru, Lashi, Ari
Religiões
Budismo
Cristianismo
Animismo

Os Kachin são um grupo étnico que habita em grande parte o Estado de Kachim, no norte da Birmânia (Myanmar) e os territórios vizinhos da China e Índia. Mais de metade do povo Kachin se identificam como cristãos, enquanto uma minoria significativa segue o Budismo e alguns também aderem ao animismo. O estado de Kachin também é conhecido como a terra de jade e ouro.

Subgrupos[editar | editar código-fonte]

O subgrupo principal é a Jingpo, para quem o termo Jinghpaw (Jingpo) e Kachin são considerados sinônimos. No entanto, por designação oficial de Mianmar, o termo Kachin inclui uma variedade de diferentes grupos lingüísticos com territórios sobrepostos e integrados nas estruturas sociais. Estes são nomeadamente a Rawang, o Lisu , o Zaiwa, o Lashi/Lachyt e o Lawngwaw, bem como a maioria Jingpo/Jinghpaw.[1]

Comportamento e Tradições[editar | editar código-fonte]

As pessoas Kachin são tradicionalmente conhecidos por sua feroz independência, disciplinada habilidades de combate, complexas inter-relações do clã, artesanato, cura com ervas e habilidades de sobrevivência na selva. Nas últimas décadas, suas crenças animistas foram largamente suplantadas pelo cristianismo,[2] enquanto emblemas tradicionais animistas foram em grande parte re-direcionado para eventos folclóricos, como o festival anual Manao em Myitkyina.[3]

Referências

  1. Kachin National Museum, Myitkyina
  2. Joshua Project analysis
  3. Manao Festival description

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é « Kachin people».