Kaizers Orchestra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kaizers Orchestra
KaizersVega2005-10-06.jpg
A banda em concerto na Dinamarca em outubro de 2005. Da esquerda para a direita: Geir Zahl, Janove Ottesen e Terje Winterstø Røthing
Informação geral
Origem Bryne, Noruega Flag of Norway.svg
Período em atividade 2000–presente
Gravadora(s) Sony BMG, Kaizerecords, Universal Germany, BroilerFarm.
Página oficial www.kaizers.no
Integrantes Janove Ottesen - Guitarra, vocal, barris de óleo
Geir Zahl - Guitarra, vocal, barris de óleo
Terje Winterstø Røthing - Guitarra, backing vocal, barris de óleo
Rune Solheim - Bateria
Helge Risa - Orgão/piano/teclado
Øyvind Storesund - Baixo
Ex-integrantes Jon Sjøen - Baixo

Kaizers Orchestra é uma banda musical norueguesa formada em janeiro de 2000[1] . Tornou-se notória tanto por compor e gravar somente em norueguês, quanto por sua subversividade musical, misturando rock clássico com rom rock e outras vertentes oriundas do leste europeu, como o balkan brass.[2]

Suas letras geralmente abordam temas como delírio, máfia, fé e insanidade. Em 2002 a banda recebeu o título de melhor concerto do ano pelo Festival de Roskilde.[3]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • Ompa til du dør (2001)
  • Evig pint (2003)
  • Maestro (2005)
  • Maskineri (2008)
  • Våre demoner (Compilação de demos gravadas anteriormente, 2009)
  • Violeta, Violeta (2011/2012)
    • Violeta Violeta Vol. 1 (Janeiro de 2011)
    • Violeta Violeta Vol. 2 (Novembro de 2011)
    • Violeta Violeta Vol. 3 (Novembro de 2012)

EPs[editar | editar código-fonte]

  • Kaizers Orchestra EP também chamado de Gul EP (2000)
  • Død manns tango (2002)
  • Mann mot mann (2002)
  • Maestro (2005)
  • Maestro Bonus CD (2005)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Kontroll på kontinentet" (2003)
  • "Di grind" (2003)
  • "Maestro" (2005)
  • "Knekker deg til sist" (2005)
  • "Blitzregn baby" (Live) (2006)
  • "Enden av november" (iTunes Single) (2007)
  • "9 mm" (iTunes Single) (2008)
  • "Apokalyps meg" / "Du og meg Lou" (Vinil single) (2008)
  • "Die Polizei" (2009)
  • "Prosessen" (2009)
  • "Philemon Arthur & The Dung" (iTunes single) (2010)
  • "Hjerteknuser" (2010)

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • The Gypsy Finale (EP, 2004)
  • Live at Vega (2006)
  • Viva La Vega (DVD, 2006)
  • 250 prosent (2008)

Outros lançamentos[editar | editar código-fonte]

  • Stolpesko - Contribuiu com a canção "Markveien" (2002)
  • Kontroll på kontinentet - Livro autobiográfico por Jan Zahl (2006)
  • Hjertestups - Contribuiu com a canção "Smil Far" (2010)
  • Sonny - Musical de Palco baseado nos três primeiros álbuns da banda (2011)

Referências

  1. "Prosessen, den lange versjonen" (PDF). Página visitada em 20/02/2011.
  2. Kaizers tremendous success (HTML).
  3. Bak et Halleluja (HTML).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Norway.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Noruega, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.