Kaleidoscope (álbum de Siouxsie & the Banshees)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kaleidoscope
Álbum de estúdio de Siouxsie & the Banshees
Lançamento 1980
Gênero(s) Pós-punk
Produção Nigel Gray e Siouxsie & the Banshees
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Siouxsie & the Banshees
Último
Último
Join Hands
(1979)
Juju
(1981)
Próximo
Próximo


Kaleidoscope é o terceiro álbum de estúdio da banda Siouxsie & the Banshees, lançado em 1980.

Após a saída de vários membros do grupo, Siouxsie & the Banshees se recompôs e redirecionou sua sonoridade para este disco. Vindos de um som próximo do punk rock, a banda inicia a sua experiência com o pop[1] e música eletrônica. Este álbum também marca a estréia do novo baterista e compositor da banda, Budgie, que permaneceu com o grupo até o seu fim, em 1996. Kaleidoscope foi remasterizado em 2006, recebendo duas músicas extras que não foram lançadas na primeira gravação do álbum.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as músicas foram compostas por Siouxe Severin, exceto onde anotado.

  1. "Happy House"
  2. "Tenant"
  3. "Trophy" - Sioux/Severin/McGeoch
  4. "Hybrid"
  5. "Clockface"
  6. "Lunar Camel"
  7. "Christine"
  8. "Desert Kisses"
  9. "Red Light"
  10. "Paradise Place"
  11. "Skin"

Versão remasterizada de 2006[editar | editar código-fonte]

  1. "Happy House"
  2. "Tenant"
  3. "Trophy" - Sioux/Severin/McGeoch
  4. "Hybrid"
  5. "Clockface"
  6. "Lunar Camel"
  7. "Christine"
  8. "Desert Kisses"
  9. "Red Light"
  10. "Paradise Place"
  11. "Skin"
  12. "Christine" (versão demo)
  13. "Eve White/Eve Black" (versão demo)
  14. "Arabia (Lunar Camel)" (versão demo)
  15. "Sitting Room" (canção inédita, não lançada na primeira gravação do álbum)
  16. "Paradise Place" (versão demo)
  17. "Desert Kisses" (versão demo)
  18. "Hybrid" (versão demo)
  19. "Happy House" (versão demo)
  20. "Israel" (7" A-Side)

Créditos[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Hewitt, Paulo. "Siouxsie’s sketches" [Kaleidoscope review]. Melody Maker. 26-07-1980. "Happy House, with its nagging riff and liquid guitar, was great pop."