Karel Appel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frog with umbrella, Spui (Haia) - 2001

Christiaan Karel Appel, conhecido como Karel Appel (Amsterdão, 25 de Abril de 1921Zurique, 3 de Maio de 2006) foi um pintor, designer, artista gráfico, escritor e escultor neerlandês e co-fundador do grupo CoBrA, em 1948.

Estudou na Rijksakademie van Bee hldende Kunsten (1940-1943), onde se tornou amigo de Guillaume Corneille, seu futuro companheiro no CoBrA.

Appel viveu em Paris, a partir do início da década de 1950; em Nova Iorque, na década seguinte, na Itália e na Suíça, onde faleceu.

Appel pintou também retratos de músicos de jazz e executou vários trabalhos públicos, incluindo um mural na sede da UNESCO em Paris.

Seus primeiros trabalhos lembram a pintura do realista neerlandês George Hendrik Breitner (1857- 1923), porém, já à época da Segunda Guerra Mundial, volta-se para o Expressionismo alemão e principalmente para o trabalho de van Gogh.

Há um ponto de inflexão no estilo de Appel, por volta de 1945, quando encontra inspiração na Escola de Paris, particularmente em Matisse, Jean Dubuffet e Picasso; essa influência, que deverá persistir até 1948, pode ser observada, por exemplo, em uma série de esculturas de gesso dessa época.

A partir de 1947, seu colorido universo pessoal será constituído de seres simples, infantis e animais amistosos, que povoam suas pinturas, desenhos, esculturas de madeira pintada. Seu senso de humor chega ao ápice em grotescas montagens, relevos em madeira e pinturas como Hip, Hip, Hooray (1949) (Galeria Tate de Londres)[1] [2] .

Obras famosas[editar | editar código-fonte]

  • Vrijheidsschreeuw (1948)
  • Questioning Children (1949)
  • Women, Children, Animals (1951)
  • Farmer with blue cap (1975)
  • The Discovery (1986)

Notas