Karl Friedrich Mohr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Karl Friedrich Mohr

Karl Friedrich Mohr (Coblença, 4 de novembro de 1806  — Bonn, 5 de outubro de 1879) foi um farmacêutico alemão.

Casou-se no ano de 1833 com Jacobine Derichs com quem teve cinco filhos. A exemplo do pai seguiu a carreira de farmacêutico, profissão de bastante prestígio na época. Como farmacêutico teve bastante contato com o latim, botânica e a química.

Mohr deu enormes contribuições para a química analítica e farmácia, das quais podemos destacar:

Mohr também desenvolveu o uso de substâncias padrões na alcalimetria (ácido oxálico) e o chamado sal de Mohr (sulfato ferroso amoniacal) na oxidimetria.

A contribuição de Mohr para o desenvolvimento da área farmacêutica e química analítica ficou registrado em um livro intitulado Lehrbuch der chemisch-analytischen Tritiermethode (Tratado do Método Titrimétrico de análise química) publicado no ano de 1855. Nele Karl descreve os métodos de análise volumétrica de soluções e propõe vários melhoramentos nos procedimentos de análise. Outros métodos de análise surgiram entre os quais um chamado de iodometria, introduzido por Bunsen a partir de 1853, para a determinação quantitativa de agentes oxidantes.

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

FARIAS, Robson Fernades. História da Química. Editora Átomo: Campinas, 2005
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Karl Friedrich Mohr