Karol Borsuk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Karol Borsuk
Matemática
Nacionalidade Polónia Polonês
Nascimento 8 de maio de 1905
Local Varsóvia
Morte 24 de janeiro de 1982 (76 anos)
Local Varsóvia
Atividade
Campo(s) Matemática
Alma mater Universidade de Varsóvia
Tese 1931
Orientador(es) Stefan Mazurkiewicz
Orientado(s) Samuel Eilenberg, Krystyna Kuperberg
Conhecido(a) por Teorema de Borsuk-Ulam

Karol Borsuk (Varsóvia, 8 de maio de 1905 — Varsóvia, 24 de janeiro de 1982) foi um matemático polonês.

Estudou na Universidade de Varsóvia, onde doutorou-se em 1931, orientado por Stefan Mazurkiewicz. Conheceu Stanislaw Ulam em Lviv, com quem iniciou a trabalhar conjuntamente. Após a ocupação da Polônia pelas tropas alemãs, houve uma severa perseguição aos intelectuais poloneses, e Borsuk conseguiu se esconder. Após a guerra Borsuk muito contribuiu para a reconstrução do sistema de ensino polonês, sendo professor de matemática em Varsóvia a partir de 1946.

Seu campo principal de interesse foi a topologia, por exemplo a homotopia. O teorema de Borsuk-Ulam lembra seu trabalho conjunto com Ulam.

Em 1954 apresentou um trabalho no Congresso Internacional de Matemáticos em Amsterdam, com o título Sobre a eliminação de paradoxos na topologia (em francês).

Foi membro da Escola de Matemática de Varsóvia, e desde 1956 da Academia de Ciências da Polônia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.