Kasturba Gandhi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kastürbā Gāndhi
Nascimento 11 de abril de 1869
Gokuladas
Morte 22 de fevereiro de 1944
ÍndiaPune
Nacionalidade Índia Indiana
Ocupação Pacifista/ativista

Kastürbā Gāndhi (11 de abril de 186922 de fevereiro de 1944), também chamada por Ba, foi esposa de Mahatma Gandhi.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Kasturba juntou-se ao marido num protesto político. De 1904 à 1914, foi ativa no estabelecimento de Phoenix próximo Durban. Durante um protesto em 1913 pelas condições de trabalho dos indianos na África do Sul, Kasturba foi presa e sentenciada a três meses de trabalho duro na prisão. Mais tarde, na Índia, ficou várias vezes no lugar do marido, enquanto este preso. Em 1915, quando Gandhi retornou à Índia, Kasturba o acompanhou. Ensinou a higiene, a disciplina, a leitura e a escrita às mulheres e às crianças. Kasturba sofreu de bronquite crônica, que quase evoluiu para uma pneumonia. Ela morreu na prisão, de um ataque cardíaco severo em 22 de fevereiro de 1944.