Catuquinas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Katukina)
Ir para: navegação, pesquisa

Catuquinas ou Katukinas são um grupo indígena que habita o sudoeste do estado brasileiro do Amazonas (nas Terras Indígenas Paumari do Cuniuá, Paumari do Lago Paricá, Rio Biá e Tapauá) e a área limítrofe entre o Amazonas e o Acre (Terra Indígena Katukina/Kaxinawá).

Os katukinas modernos do Acre não apontam parentesco com os katukinas do Amazonas, e o nome parece ter sido uma contribuição do contato com os primeiros expedicionários na região. Na realidade os katukinas do Acre, divididos entre a Terra Indígenas do Rio Campinas, Aldeia Sete Estrelas e Terra Indígena do Rio Gregório, parecem ter adotado essa denominação posteriormente.

Historicamente, os etnônimos Katukina, Kanamari e Kulina foram utilizados para designar povos bem diferentes, em diversos lugares. Isso porque os primeiros colonos da região do rio Juruá classificavam os índios em "dóceis" e "rebeldes". Os termos Kanamari, Katukina e Kulina eram associados aos índios dóceis, enquanto o sufixo -naua (ou -nawa) era normalmente associada aos índigenas guerreiros, que combatiam a presença do homem branco. Os Kaxinawa, por exemplo, eram identificados como rebeldes. Assim, para fugir das expedições de captura e matança dos colonos brasileiros, muitos povos adotaram os etnônimos Katukina, Kanamari e Kulina.[1] Mas, internamente, os chamados katukinas do Acre denominam-se de acordo com os seus clãs - kamãnaua (povo da onça ou do cachorro, dependendo da fonte), varinaua (povo do sol), satanaua (povo da lontra), neianaua (povo do Céu), entre outros clãs menos numerosos.

Portanto a Terra Indígena Katukina/ Kaxinawá,[2] no município de Feijó (Acre), foi assim denominada por engano. Ali estão, de fato, dois povos aparentados: um deles é o Kaxinawa.[3] O outro povo não é o Katuquina do Amazonas: trata-se, na verdade, dos auto-denominados Shanenáua ou Shanenawa (povo do pássaro azul). Estudos linguísticos realizados na década de 1990 comprovam que a língua shanenawa é da família Pano (assim como a língua dos Kaxinawa) e não Katukina. Mas, por receio de perder o direito às terras e considerando todo o histórico de violência e injustiça que sofreram, os Shanenawa resolveram não desfazer o equívoco. [4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre povos indígenas é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.