Kazordoon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

No jogo online de RPG Tibia, Kazardoon é a cidade dos dwarfs (anões). Com o seu conhecimento sobre água e terra, seus artesãos e engenheiros construíram a cidade em um vulcão extinto. Seus habitantes basicamente sobrevivem pela mineração e o artesanato de equipamentos de batalha.

O nome da cidade vem da palavra Khazad-dûm, que significa "Mina dos anões", de acordo com o Khuzdûl (a língua dos anões do universo de Senhor dos Anéis).

Ela é governada pelo imperador Kruzak.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Os Dwarfs são, de um modo geral, pessoas sociáveis; e qualquer um disposto a gastar algum dinheiro é bem vindo em sua cidade. A cidade é bem conhecida pelo seu vinho e a sua cerveja, e pelos equipamentos que fabrica e vende.

Kazordoon possui especialistas em engenharia, mineração, artesanato e magia. A cidade sobrevive da mineração de pedras preciosas em suas cavernas e da manufatura de equipamentos de combate.

Os dwarfs do local se dividem em três grupos:

  • Technomancers: são peritos em ciência e tecnologia, e as veneram; em outras palavras, eles são os "dwarfs modernos"
  • Geomancers: são os seguidores da terra e da natureza, e entendidos em magias relacionados a esses elementos
  • Pyromancers: são os seguidores do fogo e peritos nele

A cidade também possui três irmandades, às quais os dwarfs podem se unir:

  • Savage Axe: são os mais agressivos
  • Molten Rock: são os mais pacientes
  • Dragoneaters: são os mais aventureiros

Havia também uma quarta irmandade: os Brighteyes. Contudo eles eram extremamente violentos, e qualquer um que cruzasse o caminho deles ou os incomodasse, era aniquilado. Eles se tornaram insuportáveis para as outras três irmandades e, após grandes discussões entre as irmandades, os Brighteyes deixaram Kazordoon e partiram para novas terras. Alguns deles se estabeleceram em pontos remotos do continente, enquanto que as trilhas de outros se perderam.

Os Dwarfs coincideram os elfos como a sua maior ameaça por causa da habilidade mágica destes últimos.

Nem todos os dwarfs são amigáveis quanto os de Kazordoon. Em suas minas encontram-se refugiadas tribos renegadas deles, que atacam qualquer um que invada o seu território.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Cidade[editar | editar código-fonte]

Ela localiza-se em um vulcão extinto no centro do continente Tibia, local chamado pelos dwarfs de "The Big Old One". A cidade se expande por 8 andares abaixo do solo e 7 andares acima dele. Possui diversas minas ao seu redor, e uma em seu subterrâneo.

Em sua entrada podem ser encontradas duas grandes estátuas de dwarfs, construídas por seus artesãos com a intenção de simbolizar o orgulho de seus trabalhos. Logo após entrar na cidade, é necessário cruzar uma ponte sobre a lava para seguir mais adiante. Não muito depois, o caminho se divide em três, levando para três áreas diferentes: a área residencial e comercial, as minas e a prisão de Dwacatra.

Área residencial e comercial[editar | editar código-fonte]

Ela contém casas que podem ser alugadas pelos aventureiros, na região subterrânea encontram-se as menores e mais precárias, as quais sequer possuem iluminação natural; já em um andar acima do solo se encontram as melhores casas do local, porém são bem mais caras. A sala do imperador localiza-se no quarto andar acima do chão.

Também é possível encontrar diversos ferreiros, onde se pode comprar diversos tipos de armas e outros equipamentos; templos para cada um dos grupos de dwarfs; salas para cada uma das três irmandades da cidade; um salão de jogos; uma fazenda no topo da cidade; e guildas para os cavaleiros e bruxos, onde eles podem comprar magias.

Minas[editar | editar código-fonte]

As minas no subterrâneo da cidade estendem-se pelos 2º, 3º, 6º e 8º subsolos. Nela é possível encontrar adversários como dwarfs, dwarf soldiers, e dwarf guards, entre outros.

No 8º subsolo é possível encontrar um canal aquático, com um barco a vapor que pode transportar até o subterrâneo da ilha de Cormaya.

Dwacatra[editar | editar código-fonte]

No 7º subsolo localiza-se, em uma ilha no meio da lava, a prisão de Dwacatra. Nela são jogados os dwarfs rebeldes que traíram a cidade, lá eles precisam viver ou lutar com os minotauros e ogros capturados.

Para entrar nessa Prisao e necesario de uma chave q pode ser conseguida realizando tres quests. Uma para pegar uma chave que serve para abrir uma porta em que há outra chave até você achar o lugar da terceira

Região próxima[editar | editar código-fonte]

Mount Sternum[editar | editar código-fonte]

Localizado a sudoeste de Kazordoon, é uma grande montanha onde alguns rios têm as suas nascentes. Ele separa a península da cidade de Thais do restante do continente. No seu subterrâneo é possível encontrar alguns tesouros.

Anteriormente era o único caminho até Thais, mas agora há uma estrada ao redor da montanha.

Jakundaf Desert[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a sul da cidade, é uma região desértica porque o Mount Sternum bloqueia praticamente todas as nuvens de chuva que vêm do mar. É possível encontrar neles algumas ruínas, o que mostra que algumas pessoas já viveram no local. Para se protegerem do calor, essas pessoas construíram algumas cavernas no local, mas agora elas estão tomadas por monstros. Mas ainda assim, é possível encontrar grandes tesouros escondidos no local.

Femor Hills[editar | editar código-fonte]

São um conjunto de pequenas colinas localizado a noroeste de Kazordoon. As criaturas de Femor Hills são:Hunters,cyclops,goblins assassins e goblins scavengers . No passado, os habitantes de Carlin garimpavam por recursos minerais nesse local, contudo agora restam apenas alguns túneis abandonados tomados por monstros.

História de Kazordoon[editar | editar código-fonte]

No passado, a região onde é hoje Kazordoon era habitada por uma poderosa tribo de orcs. Os dwarfs que viviam próximo eram freqüentemente incomodados ou mesmo escravizados pelos orcs. Com o tempo, foi crescendo o número de dwarfs que queriam uma guerra contra os orcs para tomar o local.

De repente, em uma manhã, quando um grupo de dwarfs estava se dirigindo a Thais para vender algumas de suas jóias da montanha; eles foram perseguidos pelos orcs, porém os dwarfs conseguiram os derrotar.

Esse incidente, e os dwarfs que insistiam que estava na hora de seu povo se levantar por suas crenças, fizeram com que a população se juntasse à causa de se libertar dos orcs. Esse foi o início da assim chamada "War of Welcome" (em português, algo como "Guerra de Boas-Vindas").

Porém, os orcs não partiram em retirada, e sim se prepararam para o combate. Após um ano de batalhas, a tribo dos orcs foi dizimada; e então os dwarfs clamaram o domínio sobre o centro do continente, e assim nasceu o império dos dwarfs no local. Os humanos do reino de Thais se tornaram aliados desse império logo após a guerra..

NPC's de Kazordoon[editar | editar código-fonte]

  • Basilisk: parece-se com uma cobra, localiza-se nas profundezas das minas da cidade em uma sala aparentemente inacessível; no passado ele aterrorizou os mineradores, derrotando diversos deles, porém os mineradores conseguiram fazer com que ele partisse em retirada para as profundezas da caverna
  • Bezil: juntamente com o seu irmão Nezil, vende diversos equipamentos aos aventureiros
  • Brodrosch: comanda o barco a vapor subterrâneo que transporta até Cormaya
  • Budrik: localiza-se em uma mina a oeste da cidade, seu nome completo é Budrik Deepdigger e faz parte da irmandade Molten Rock; ele gerencia as operações de mineração e dá ordens aos mineiros
  • Duria: é a melhor dentre os knights (especialistas em armas) dos dwarfs, e pertence à irmandade Dragoneaters; ela vende magias aos knights e o seu nome completo é Duria Steelbender
  • Emperor Kruzak: ele governa Kazordoon; e, pelo pagamento de uma taxa, é capaz de promover os aventureiros para uma vocação superior; seu nome completo é Kruzak Dustbeard
  • Etzel: é o mago mestre dos dwarfs e pertence à irmandade Molten Rock, ele vende magias aos Sorcerer.
  • Humgolf: é criador e treinador de rotworms, que são minhocas gigantes que ajudam nas escavações nas minas; possui um grande apego pelas que cria, e tem opiniões fortes a respeito de quem caça rotworms por esporte
  • Isimov: é o monge do templo da cidade, ele é capaz de curar os aventureiros gravemente feridos
  • Iwar: ele vende móveis, decoração e plantas
  • Jimbin: ele vende bebidas, e gerencia um bar juntamente com a sua esposa Maryza
  • Kawill: seu nome completo é Kawill Marbleeye, ele é o líder do grupo dos geomancers e pertence à irmandade Molten Rock; ele vende a primeira metade de uma das cinco bênçãos (que servem para reduzir as perdas quando se é derrotado)
  • Kroox: ele vende armaduras
  • Lokur: trabalha no correio da cidade
  • Maryza: ela vende comidas e gerencia um bar juntamente com o seu marido Jimbin, ela perde a paciência quando a chagam pelo apelido de "Bloody Mary"
  • Nezil: juntamente com o seu irmão Bezil, vende diversos equipamentos aos aventureiros
  • Pydar: seu nome completo é Pydar Firefist, ele pertence à irmandade Savege Axe e é o líder dos Pyromancers; ele fornece a segunda metade da bênção vendida por Kawill; possui um grande conhecimento a respeito dos NPC's de Kazordoon
  • Sigurd: é o ajudante de Etzel; ele vende runas mágicas, rods, wands e poções
  • Talphion: ele é um dos Tecnomancers, não escuta direito e freqüentemente troca as palavras ao ouvir algo; sonha em construir um grande relógio
  • Tequila: negocia jóias e pedras preciosas
  • Tulf: protege o imperador, apesar de freqüentemente estar bêbado
  • Uzgod: compra e vende diversas armas

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Outras Cidades: