Kenneth III da Escócia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Kenneth III da Escócia

KENNETH III da Escócia ou Kenneth III de Alba morreu em 25 de março de 1005 na batalha de Monzievaird. Rei da Escócia em 997, impediu a sucessão de Malcolm II da Escócia (954-1018) que o matou na batalha acima citada.

Era filho de Duff ou Dubh (assassinado em 966). Em Gaélico, «dubh» quer dizer negro. Foi rei da Escócia em 962. O filho de Indulfo, Culen, o desafiou duas vezes em luta pelo trono e o venceu da segunda vez, matando-o.

Kenneth, segundo se crê, tornou seu filho Giric co-rei para assegurar a sucessão, mas foi morto na batalha e Malcolm III tomou o trono. Malcolm pode ter assassinado ainda o neto de Kenneth III para que seu próprio neto, Duncan I da Escócia, se apoderasse do trono.


Precedido por
Constantino III
Rei da Escócia
997 - 1005
Sucedido por
Malcolm II
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.