Kenneth III da Escócia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde novembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Kenneth III da Escócia

KENNETH III da Escócia ou Kenneth III de Alba morreu em 25 de março de 1005 na batalha de Monzievaird. Rei da Escócia em 997, impediu a sucessão de Malcolm II da Escócia (954-1018) que o matou na batalha acima citada.

Era filho de Duff ou Dubh (assassinado em 966). Em Gaélico, «dubh» quer dizer negro. Foi rei da Escócia em 962. O filho de Indulfo, Culen, o desafiou duas vezes em luta pelo trono e o venceu da segunda vez, matando-o.

Kenneth, segundo se crê, tornou seu filho Giric co-rei para assegurar a sucessão, mas foi morto na batalha e Malcolm III tomou o trono. Malcolm pode ter assassinado ainda o neto de Kenneth III para que seu próprio neto, Duncan I da Escócia, se apoderasse do trono.


Precedido por
Constantino III
Rei da Escócia
997 - 1005
Sucedido por
Malcolm II
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.