Kenny Florian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kenny Florian
Nome de nascimento Kenneth Alan Florian
Data de nascimento 25 de maio de 1976 (37 anos)
Local de nascimento Estados Unidos Westwood, Massachusetts
Outros nomes KenFlo, Ben Stiller
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Peru Peruano
Altura 1,78 cm
Peso 66,2 kg
Divisão Peso Pena (2011)
Peso Leve (2006-2011)
Peso Meio-Médio (2005)
Peso Médio (2002-2005)
Envergadura 1,88 cm
Modalidade Muay Thai, e Jiu-Jitsu
Posição Canhoto
Luta por Brookline, Massachusetts
Equipe Florian Martial Arts Center, Tristar Gym e Jackson's Submission Fighting
Treinador Keith Florian
Graduação      2º grau de Faixa Preta em BJJ
Anos ativo 2002-presente
Cartel no MMA
Total 19
Vitórias 14
Por nocaute 3
Por finalização 8
Por decisão 2
Derrotas 5
Por nocaute 1
Por finalização 1
Por decisão 3
Outras informações
Kenny Florian no Sherdog

Kenneth Alan Florian (Westwood, 26 de maio de 1976) é um ex-lutador de MMA dos Estados Unidos descendente de peruanos, especialista em Muay Thai e Jiu-jitsu. Atualmente, atua como comentarista dos eventos do UFC ao lado de Jon Anik, no eventos transmitidos pelo canal de televisão FOX.

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Florian teve sua primeira grande chance no MMA na primeira temporada do The Ultimate Fighter, onde Kenny perdeu na final para Diego Sanchez por TKO.

Mesmo com a derrota Florian teve sua chance no UFC, as suas duas primeiras lutas no evento foram muito boas, uma vitória por TKO contra Alex Karalexis e uma finalização contra Kit Cope. Com a falta de bons lutadores na divisão dos pesos leves, Florian desceu de categoria querendo o cinturão. Sua primeira luta pelo leves foi um tiro ao tilulo contra Sam Stout no The Ultimate Fighter 3 Finale aonde o vencedor lutaria pelo cinturão contra Sean Sherk, após uma vitória rápida e incrível por finalização, Dana White deu a chance de Florian disputar o cinturão.

Primeira Chance[editar | editar código-fonte]

Em 14 de outubro de 2006, Florian lutou Sean Sherk aonde o vencedor seria coroado como campeão dos pesos leves do UFC no UFC 64: Unstoppable, porém Florian perdeu por decisão unânime. Sherk apresentou controle na luta, apesar de ser severamente cortado por vários cotoveladas de Florian. Com a vitória, Sherk se tornou o novo campeão dos pesos leves do UFC.

Após o combate Florian buscou a reabilitação, e consegiu vencendo Dokonjonosuke Mishima, Alvin Robinson, Din Thomas, Joe Lauzon e Roger Huerta. Depois dessas boas vitórias Floria teve mais uma chance em uma luta "tiro ao título" contra Joe Stevenson.

No UFC 91, em 15 de novembro de 2008, Florian venceu Stevenson por um mata-leão ainda no primeiro round. Essa foi a quinta vitória de Florian através de um mata-leão.

Segunda Chance[editar | editar código-fonte]

Com a vitória Florian estabeleceu-se como o desafiante número para o cinturão dos Pesos Leves. Florian disse: "Eu quero BJ. Eu quero o Cinturão. BJ, você é um dos melhores lutadores lá fora. Estou aqui para te testar. Acho que você é um grande lutador. Eu o considero um mestre. É hora de matar o mestre.". Florian enfrentou The Prodigy B.J. Penn no UFC 101 pelo cinturão, antes da luta Penn disse: "haha, eu vou matar esse cara, eu to avisando, ele não sabe o que ta falando, serio eu vou matar ele.". No combate, Florian não conseguiu se soltar, pareceu muito tímido, nas poucas tentativas de derrubar Penn, não conseguiu, e aos 3:45 do quarto round Penn derrubou Florian e o finalizou com sua finalização preferida: um mata-leão.

Depois da derrota Florian disse que gostaria muito de ter uma revanche contra Sanchez; entretanto o Nightmare era o novo adversário de Penn. No UFC 107, voltou a lutar dessa vez contra Clay Guida, Florian conseguiu finalizar Guida com um mata-leão no segundo round.

Em 2010, Florian casou uma luta com a ex-estrela do Pride Takanori Gomi no evento principal no UFC Fight Night 21. Antes da luta Dana White afirmou, que o vencedor da luta estaria no caminho para disputar o cinturão. Durante a luta, Gomi dominou o primeiro round, mantendo a distância, no segundo round florian pareceu aceitar a luta em pé de Gomi e conseguiu acerta bons golpes, mesmo estando bem na trocação, Florian derrubou Gomi no início do terceiro round, Gomi não é acostumado a se defender de ground-pound, e acabou deixando Florian passar a guarda, e em uma finta sensacional Florian conseguiu alcançar as costas de Gomi e o finalizou com seu querido e famoso mata-leão.

Mais uma oportunidade bateu a porta de Florian, Dana White casou uma luta entre ele e Gray Maynard pela vaga de desafiante n.º 1 ao cinturão, no UFC 118 realizado em Boston, o ganhador irá enfrentar o vencedor da revanche que acontece no mesmo evento entre Frank Edgar e BJ Penn. No evento, Florian começa bem o combate mostrando muito respeito pelo wrestler de Maynard, Florina tentado trocar na longa distância consegue impor seu ritmo no 1º round. No 2º round, Florian volta com a estratégia da longa distância, porém Maynard consegue algumas quedas e acerta bons golpes. No 3º round, Florian com o olho inchado é pressionado e derrubado por Maynard que acerta bons golpes no ground n' pound e evita as tentativas de Florian se levantar. Em um combate duro, Maynard vence por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)[1] .

Novo Recomeço[editar | editar código-fonte]

Buscando novos desafios, Florian desceu de divisão para a nova divisão dos Pesos Pena do UFC, em seu primeiro combate nessa divisão, ele encarou o brasileiro especialista em Muay Thai e top da divisão dos penas, Diego Nunes no UFC 131, em Vancouver no Canadá. No combate a estratégia de Florian foi buscar as quedas, no primeiro round conseguiu evitar os golpes de Nunes e derrubar seu adversário porém foi surpreendido no final do round com um cruzado de Nunes que levou Florian a knockdown. No segundo round conseguiu derrubar Nunes duas vezes, porém quando o brasileiro o derrubou Florian aplicou várias cotoveladas na cabeça de seu adversário abrindo um corte. No ultimo round, Nunes sentindo o efeito das cotoveladas, não conseguiu achar Florian que dominou o round até o segundos finais, onde Nunes o acertou novamente quase fazendo Florian cair de novo. Na decisão Florian venceu por unanimidade (29-28, 29-28, 30-27)[2] .

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 14–6 Brasil José Aldo Decisão (unânime) UFC 136: Edgar vs. Maynard 3 08/10/2011 5 5:00 Estados Unidos Houston, Texas Pelo Cinturão Peso Pena do UFC.
Vitória 14-5 Brasil Diego Nunes Decisão (unânime) UFC 131: Dos Santos vs. Carwin 11/06/2011 3 5:00 Canadá Vancouver, British Columbia
Derrota 13-5 Estados Unidos Gray Maynard Decisão (unânime) UFC 118: Edgar vs. Penn 2 28/08/2010 3 5:00 Estados Unidos Boston, Massachusetts Pela vaga de desafiante nº1 ao Cinturão Peso Leve do UFC.
Vitória 13-4 Japão Takanori Gomi Finalização (mata leão) UFC Fight Night: Florian vs. Gomi 31/03/2010 3 2:52 Estados Unidos Charlotte, North Carolina Finalização da Noite.
Vitória 12-4 Estados Unidos Clay Guida Finalização (mata leão) UFC 107: Penn vs. Sanchez 12/12/2009 2 2:19 Estados Unidos Memphis, Tennessee
Derrota 11–4 Estados Unidos B.J. Penn Finalização (mata leão) UFC 101: Declaration 08/08/2009 4 3:45 Estados Unidos Philadelphia, Pennsylvania Pelo Cinturão Peso Leve do UFC.
Vitória 11–3 Estados Unidos Joe Stevenson Finalização (mata leão) UFC 91: Couture vs. Lesnar 15/11/2008 1 4:03 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Se tornou o desafiante Nº1 ao Cinturão Peso Leve do UFC.
Vitória 10–3 Estados Unidos Roger Huerta Decisão (unânime) UFC 87: Seek and Destroy 09/08/2008 3 5:00 Estados Unidos Minneapolis, Minnesota
Vitória 9–3 Estados Unidos Joe Lauzon Nocaute Técnico (socos e cotoveladas) UFC Fight Night: Florian vs. Lauzon 02/04/2008 2 3:28 Estados Unidos Broomfield, Colorado Luta da Noite.
Vitória 8–3 Estados Unidos Din Thomas Finalização (mata leão) UFC Fight Night: Thomas vs. Florian 19/09/2007 1 4:30 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Thomas se machucou durante uma queda.
Vitória 7–3 Estados Unidos Alvin Robinson Finalização (golpes) UFC 73: Stacked 07/07/2007 1 4:30 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 6–3 Japão Dokonjonosuke Mishima Finalização (mata leão) UFC Fight Night: Stevenson vs. Guillard 05/04/2007 3 3:57 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 5–3 Estados Unidos Sean Sherk Decisão (unânime) UFC 64: Unstoppable 14/10/2006 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Pelo Cinturão Peso Leve Vago do UFC.
Vitória 5–2 Canadá Sam Stout Finalização (mata leão) The Ultimate Fighter 3 Finale 24/06/2006 1 1:46 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estréia no Peso Leve (70 kg)
Vitória 4–2 Estados Unidos Kit Cope Finalização (mata leão) The Ultimate Fighter 2 Finale 05/11/2005 2 0:37 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta no Peso Meio Médio.
Vitória 3–2 Estados Unidos Alex Karalexis Nocaute Técnico (corte) UFC Ultimate Fight Night 06/08/2005 2 2:52 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta no Peso Meio Médio.
Derrota 2–2 Estados Unidos Diego Sanchez Nocaute Técnico (golpes) The Ultimate Fighter 1 Finale 09/04/2005 1 2:49 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta no Peso Médio.
Derrota 2–1 Estados Unidos Drew Fickett Decisão Combat Zone 7: Gravel Pit 10/07/2004 3 5:00 Estados Unidos Revere, Massachusetts
Vitória 2–0 Estados Unidos Bobby McAndrews Finalização (kimura) Mass Destruction 15 21/02/2004 1 1:57 Estados Unidos Boston, Massachusetts
Vitória 1–0 Estados Unidos Jason Giroux Nocaute (soco) Mass Destruction 10 25/01/2003 1 0:07 Estados Unidos Taunton, Massachusetts

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]