kill

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O comando kill do sistema operacional Unix é usado para enviar sinais a determinados processos em execução. Por padrão é enviado o sinal SIGTERM que requisita a finalização do processo, por isso o nome kill (matar). Em geral é usado desta forma:

kill pid

Onde pid é o número identificador do processo (process id) que pode ser obtido através do comando ps. Neste caso é enviado o sinal SIGTERM para o processo identificado pelo pid. Você pode especificar através de argumentos qual sinal deve ser enviado:

kill sinal pid

Onde sinal pode ser o nome dele ou o número que o identifica, precedido de -

Sinais úteis podem ser:

  • SIGINT, que possui o mesmo efeito de se pressionar Ctrl+C para interromper um programa
  • SIGSTOP, que possui o mesmo efeito de se pressionar Ctrl+Z para parar um programa
  • SIGCONT, faz o programa parado continuar a execução
  • SIGQUIT, que força o programa a fazer um core dump
  • SIGKILL, que finaliza o programa

Exemplos de uso[editar | editar código-fonte]

 kill -9 $(pidof firefox-bin)

O comando 'pidof firefox-bin' é executado em subshel e retorna o número do pid "process identidity" do navegador firefox que será terminado pelo comando "kill -9".

Veja também[editar | editar código-fonte]