Kim Wilde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde março de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Kim Wilde
Kim wilde groningen 2007.jpg
Kim Wilde cantando ao vivo, em Groninga (15 de novembro de 2007).
Informação geral
Nome completo Kim Smith
Nascimento 18 de novembro de 1960 (53 anos)
Origem Chiswick, Middlesex, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Pop, rock
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1980-presente
Gravadora(s) RAK Records, MCA Records, EMI
Kim Wilde ao vivo em 2007

Kim Smith (18 de novembro de 1960), mais conhecida pelo nome artístico de Kim Wilde, é uma cantora pop britânica.[1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Kim nasceu em Chiswick, distrito de Londres, Inglaterra, alcançou a fama nos inícios dos anos 1980 com o seu grande sucesso "Kids in America", canção com várias versões por diversas bandas e que por vezes é ainda é tocada nas rádios, como ícone da música daquela década.

A sua carreira musical começou com um pop mais ligado ao punk e ao new wave. A maioria das suas canções foram composições próprias, em colaboração com o seu irmão. Nos primeiros anos da década de 1980 destaca-se a sua canção "View from a Bridge", que mistura romance e intriga como uma comédia de detetives.

Nos finais da década de 1980, Kim Wilde, lança-se num pop mais clássico e dançável, que devolveu-lhe a fama depois de alguns discos sem sucesso e fez alcançar sucesso em toda a Europa com canções como "You Came", "Never Trust a Stranger" ou "You Keep Me Hangin' On", que foi o seu primeiro e até ao momento (2008) o único número um nos Estados Unidos da América.

A sua fama diluiu-se na década de 1990, ainda que publicasse singles de sucesso como "Love Is Holy" e especialmente "If I Can't Have You", e o álbum Kim Wilde: The Singles Collection. Em 1995, depois do fracasso de vendas do seu álbum Now and Forever, retirou-se da música para e dedicar à televisão. Apesar disso, periodicamente ainda se lança na música, com compilações e algum single. Kim Wilde fez um grande sucesso com seu dueto com a cantora alemã Nena, "Anytime, Anywhere, Anyplace". Em 2006, lançou um novo álbum: Never Say Never. Kim também escreveu vários livros sobre jardinagem, atividade a que ela também se dedica profissionalmente.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Compilações e outros álbuns[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título UK US GER SUI DK ITA SE BE AUS FRA
1981 "Kids in America" 2 25 5 5 1 - 2 4 5 5 [1]
1981 "Chequered Love" 4 - 2 2 2 - 6 2 6 64
1981 "Water on Glass" 11 - - - - - - - - -
1981 "Cambodia" 12 - 2 1 1 - 1 4 7 1
1982 "View from a Bridge" 16 - 6 2 1 - 4 3 7 17
1982 "Child Come Away" 43 - 36 6 3 - 10 21 26
1983 "Love Blonde" 23 - 26 6 7 - 7 7 32 44
1983 "Dancing in the Dark" 67 - 26 9 3 - - 11 -
1984 "House of Salome" - - - - - - - - -
1984 "The Second Time" 29 65 9 7 9 - 11 16 -
1984 "The Touch" 56 - 29 - 15 - - 20 -
1985 "Rage to Love" 19 - 45 - - - - - 94
1986 "Schoolgirl" - - 38 - 11 - - - -
1986 "You Keep Me Hangin' On" 2 1 8 2 3 8 - 13 1
1987 "Another Step (Closer to You)" 6 - - - - - - - 88
1987 "Say You Really Want Me" 29 44 - - - - - - -
1987 "Rockin' Around the Christmas Tree" (com Mel Smith) 3 - - - 4 - - - -
1988 "Hey Mister Heartache" 31 - 13 12 12 7 6 - 96
1988 "You Came" 3 41 5 3 1 4 1 10 34 5
1988 "Never Trust a Stranger" 7 - 11 4 7 - 1 4 - 27
1988 "Four Letter Word" 6 - 27 18 - 47 - 11 -
1989 "Love in the Natural Way" 32 - - - - - - - -
1990 "It's Here" 42 - 21 14 - 27 13 23 -
1990 "Time" 71 - - - - - - - -
1990 "Can't Get Enough (Of Your Love)" - - 58 - - - - - - 21
1990 "World in Perfect Harmony" - - - - - - - - -
1990 "I Can't Say Goodbye" 51 - - - - - - - -
1992 "Love Is Holy" 16 - 42 13 12 - 39 20 29
1992 "Heart Over Mind" 34 - - - - - - - -
1992 "Who Do You Think You Are" 49 - 58 - - - - - -
1992 "Million Miles Away" - - - - - - - - -
1993 "If I Can't Have You" 12 - 51 18 3 - 24 7 3
1993 "In My Life" 54 - 78 - - - - - 78
1994 "Kids in America" - - - - - - - - -
1995 "Breakin' Away" 43 - 79 - - - - - -
1996 "This I Swear" 46 - 91 - - - - - -
1996 "Shame" 86 - - - - - - - -
2001 "Loved" - - - 68 - - 45 7 -
2002 "Born to Be Wild" - - 84 71 - - - - -
2003 "Anyplace, Anywhere, Anytime" (com Nena) - - 3 9 19 - - 2 -
2006 "You Came 2006" - - 20 19 - 35 25 33 -
2006 "Perfect Girl" - - 52 - - - - - -
2007 "Sorry Seems to Be the Hardest Word" (com Marty Wilde) - - - - - - - - -
2007 "Together We Belong" - - 107 - - - - - -
2007 "Baby Obey Me" - - - - - - - - -

Referências

  1. Kim Wilde Discogs.com. Página visitada em 05 de maio de 2013.
  2. Kim Wilde BBC Music. Página visitada em 5 de maio de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Kim Wilde
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Kim Wilde