Bíblia do Rei Jaime

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de King James Version)
Ir para: navegação, pesquisa
Bíblia do Rei Jaime
Versão Autorizada da Bíblia 1611
Nome: King James Version of the Bible
Abreviação: KJV
Publicação da Bíblia completa: 1611
Base textual: Texto Massorético AT, Textus Receptus NT
Tipo de tradução: Literal
Afiliação religiosa: Anglicana
Gênesis 1:1-3
In the beginning God created the heaven and the earth. And the earth was without form, and void; and darkness was upon the face of the deep. And the Spirit of God moved upon the face of the waters. And God said, Let there be light: and there was light.
João 3:16
For God so loved the world, that he gave his only begotten Son, that whosoever believeth in him should not perish, but have everlasting life.

A Bíblia do rei Jaime (ou Tiago), também conhecida como Versão autorizada do rei Jaime (em inglês: Authorized King James Version), é uma tradução inglesa da bíblia realizada em benefício da Igreja Anglicana, sob ordens do rei Jaime I no início do século XVII. É o livro mais publicado na língua inglesa.[1]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Como ocorria em geral na Europa, as versões da Bíblia utilizadas na Inglaterra da Idade Média eram escritas em latim, ainda que hajam circulado de maneira restrita algumas traduções manuscritas em inglês antigo.[1] Nas Constituições de Oxford de 1408, a tradução da Bíblia ao inglês foi estritamente proibida, e apenas a Vulgata em latim era de uso legal.[1]

No início do século XVI, quando a proibição ainda estava em vigor, o Novo Testamento foi traduzido ao inglês por William Tyndale, que o publicou em 1525. As autoridades destruíram os exemplares dessa edição, da qual apenas três cópias subsistem, e Tyndale foi eventualmente executado.[1] Com a separação entre a Igreja Anglicana e a Igreja de Roma, ordenada pelo rei Henrique VIII, a situação começou a mudar. Surgiram então novas traduções da Bíblia ao inglês, como por exemplo a Bíblia de Genebra de 1560.[1]

Tradução[editar | editar código-fonte]

No início do século XVII, Jaime I encarregou uma nova tradução da Bíblia a uma comissão de 50 estudiosos.[1] Para a nova versão foram utilizadas as traduções anteriores. De fato, 80% do texto do Novo Testamento foi reaproveitado da versão de Tyndale.[1] Ao contrário da Bíblia de Genebra, porém, a nova versão de Jaime I não possuía notas de rodapé e comentários tendenciosos.[1]

A primeira publicação data de 1611 e foi realizada em grande formato e sem ilustrações, um formato ideal para ser lida em igrejas.[1] A Bíblia do rei Jaime adquiriu fama rapidamente e tornou-se a obra mais publicada da língua inglesa.

Referências

  1. a b c d e f g h i King James Bible no sítio Sacred Texts da Biblioteca Britânica (em inglês)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Bíblia do Rei Jaime
Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre King James Bible