Kirani James

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kirani James
campeão olímpico
Atletismo
Modalidade 400 metros
Nascimento 1 de Setembro de 1992 (22 anos)
Saint Georges, Granada
Nacionalidade Granada granadino
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 400 m
Campeonatos Mundiais
Ouro Daegu 2011 400 m

Kirani James (Saint Georges, 1 de setembro de 1992) é uma atleta granadino, campeão mundial e olímpico dos 400 m rasos.

Considerado um fenômeno desde a infância, fez os melhores tempos do mundo nos 400 m para jovens de 14 e 15 anos em 2006/2007. Conquistou várias medalhas de ouro nos Jogos Centro-Americanos e do Caribe e nos Jogos da Commonwealth para Juniores. Conseguiu proeminência internacional ao conquistar as medalhas de prata na prova do Campeonato Mundial Juvenil de Atletismo de 2007, em Ostrava, na República Tcheca e no Campeonato Mundial Júnior de Atletismo de 2008, em Bydgoszcz, na Polônia, quando ainda tinha 15 e 16 anos de idade.

Campeão mundial[editar | editar código-fonte]

Depois de receber uma bolsa de estudos da Universidade do Alabama em 2010, mudou-se para os Estados Unidos, onde passou a ser treinado por Harvey Glance e Renaldo Nehemiah, dois ex-grandes velocistas norte-americanos.[1] Em 2011, James conquistou a medalha de ouro dos 400 m no Campeonato Mundial de Atletismo de Daegu, na Coreia do Sul,[2] - derrotando o então campeão olímpico LaShawn Merritt[3] - a primeira de Granada neste evento, com uma melhor marca pessoal de 44s60, tornando-se o mais jovem campeão mundial da distância, aos 18 anos.[4] Após essa vitória, o comissário-chefe de polícia de Granada, James Clarkson, autorizou comemorações populares nas ruas com a justificativa de que "esse é o maior momento da nossa história, que eu me lembre, um momento mais importante ainda que a chegada de Cristóvão Colombo às nossas praias".[3] Nove dias depois, ele venceu a etapa de Zurique da Diamond League, com novo recorde pessoal de 44s36.

Campeão olímpico[editar | editar código-fonte]

Favorito para Londres 2012, ele venceu a primeira semifinal da prova e ao final dela, fez questão de trocar a tarjeta com seu nome na camiseta com o atleta amputado da África do Sul, Oscar Pistorius, que correu a mesma prova, mostrando respeito e admiração pelo sul-africano que, sem as duas pernas, corre com lâminas no lugar delas.[5] Na final, James venceu a prova tornando-se o primeiro granadino a conquistar uma medalha de qualquer metal em Jogos Olímpicos.[1] Seu tempo, 43s94, o colocou entre os únicos seis atletas que já correram os 400 m em menos de 44s e o único não-americano entre eles.[6]

Sobre Kirani James, após a prova o multicampeão mundial e olímpico Michael Johnson disse ser o único em condições de bater seu recorde mundial para os 400 m (43s18) se conseguir corrigir algumas falhas remanescentes em sua técnica de corrida.[7] James descreveu sua conquista olímpica como "um grande passo para nosso país em busca de um lugar no mapa mundial do atletismo".[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b At 19, Kirani James grabs first Olympic gold for Grenada IAAF. Visitado em 07/08/2012.
  2. Daegu 2011 IAAF. Visitado em 2012-08-06.
  3. a b c Clarey, Christopher (2012-08-06). Sprinter Gives Grenada Its First Medal The New York Times. Visitado em 2012-08-06.
  4. Adrian, Jad (2011-08). Kirani James World Champion 400m 44.60s (Video). www.adriansprints.com. Retrieved 2011-08-31.
  5. Eisenberg, Jeff. "Kirani James swaps numbers with Oscar Pistorius after 400 meters semifinal", Yahoo! Sports, 2012-08-05. Página visitada em 2012-08-06.
  6. Clarey, Christopher. Sprinter Gives Grenada Its First Medal NY Times. Visitado em 07/08/2012.
  7. Fordyce, Tom (2012-08-06). Grenada's Kirani James wins Olympic 400m gold BBC News. Visitado em 2012-08-06.