Gustav Kirchhoff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Kirchhoff)
Ir para: navegação, pesquisa
Gustav Robert Kirchhoff
Física
Nacionalidade Alemanha Alemão
Residência  Alemanha
Nascimento 12 de março de 1824
Local Königsberg
Morte 17 de outubro de 1887 (63 anos)
Local Berlim
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Universidade Humboldt de Berlim, Universidade de Wrocław, Universidade de Heidelberg
Alma mater Universidade de Königsberg
Tese 1847: De criteriis quibus cognoscatur an aequatio quinti gradus irreductibilis algebraice resolvi posset / De parallaxi stellae Argelandriae
Orientador(es) Otto Hesse
Orientado(s) Hermann Aron, Johannes Knoblauch, Jacob Lüroth, Max Noether, Ernst Schröder
Conhecido(a) por Leis de Kirchhoff: dos circuitos elétricos, da radiação térmica, da espectroscopia, e da termoquímica. Modelo de placas de Kirchhoff–Love
Prêmio(s) Medalha Rumford (1862), Medalha Cothenius (1876), Medalha Davy (1877), Medalha Matteucci (1877), Medalha Janssen (1887)

Gustav Robert Kirchhoff (Königsberg, 12 de março de 1824Berlim, 17 de outubro de 1887) foi um físico alemão.

Suas contribuições científicas foram principalmente no campo dos circuitos elétricos, na espectroscopia, na emissão de radiação dos corpos negros e na teoria da elasticidade (modelo de placas de Kirchhoff–Love). Kirchhoff propôs o nome de "radiação do corpo negro" em 1862. É autor de duas leis fundamentais da teoria clássica dos circuitos elétricos e da emissão térmica.

Kirchhoff e Bunsen encontraram um meio de determinar a composição das estrelas, analisando seus espectros, e com isto mostraram que o Sol continha os mesmos elementos que a Terra, embora é claro em diferentes proporções e em outras condições (devido a pressão, temperatura, etc), com isto também descobriram elementos até então desconhecidos.[1] [2] [3] [4]

Gustav Kirchhoff (esquerda) e Robert Bunsen, fotografia ca. 1850.

Vida[editar | editar código-fonte]

Kirchhoff nasceu em Königsberg, Prússia (atualmente Kaliningrado, Rússia). Filho de Friedrich Kirchhoff (advogado) e Johanna Henriette. Graduou-se na Universidade de Königsberg em 1847, onde participou dos seminários de física-matemática sob a direção de Franz Ernst Neumann e Friedrich Julius Richelot. Casou com Clara Richelot em 1857, filha de Friedrich Julius Richelot. No mesmo ano mudou-se para Berlim, recebendo o posto de catedrático em Breslau (actual Wrocław, Polónia). Clara faleceu em 1869, com 35 anos de idade.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Kirchhoff formulou as leis dos nós e das malhas na análise de circuitos elétricos (Leis de Kirchhoff) em 1845, quando ainda era um estudante. Propôs a lei da emissão de radiação térmica em 1859, comprovando-a em 1861. Em 1854 transferiu-se para a Universidade de Heidelberg, onde colaborou em trabalhos sobre espectroscopia com Robert Bunsen, descobrindo juntamente com este os elementos césio e rubídio em 1861, estudando a composição química do Sol através do seu espectro.

Posteriormente propôs as três leis que descrevem a emissão de luz por objectos incandescentes:

  1. Um objeto sólido aquecido produz luz com espectro contínuo.
  2. Um gás ténue produz luz com linhas espectrais em comprimentos de onda discretos que dependem da composição química do gás.
  3. Um objeto sólido a alta temperatura rodeado de um gás ténue a temperaturas inferiores produz luz num espectro contínuo com vazios em comprimentos de onda discretos cujas posições dependem da composição química do gás.

A existência destas leis foi explicada mais tarde por Niels Bohr, contribuindo decisivamente para o nascimento da mecânica quântica.

Seu livro "Vorlesungen über mathematische Physik, Mechanik", 1897, é actualmente fonte básica de referência.[5]

Sepultura no Alter St.-Matthäus-Kirchhof Berlin

Kirchhoff foi sepultado no Alter St.-Matthäus-Kirchhof Berlin.

Referências

Referências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Literatura de e sobre Gustav Kirchhoff no catálogo da Biblioteca Nacional da Alemanha


Precedido por
James Clerk Maxwell
Medalha Rumford
1862
Sucedido por
John Tyndall
Precedido por
William Thomson
Medalha Matteucci
1877
Sucedido por
Gustav Wiedemann


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.