Kitzbühel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kitzbühel
Pfarrkirche Zum Heiligen Andreas und Liebfrauenkirche in Kitzbühel 5b.JPG
Brasão Mapa
Brasão de Kitzbühel
Kitzbühel está localizado em: Áustria
Kitzbühel
Mapa da Áustria, posição de Kitzbühel acentuada
Dados gerais
País:  Áustria
Estado: Tirol
Distrito: Kitzbühel
Coordenadas geográficas: 47° 26' 47" N 12° 23' 31" E47° 26' 47" N 12° 23' 31" E
Altitude: 762 metros acima
do nível do mar
Área: 58.02 km²
População: 8.204 (1 de janeiro de 2010)
Densidade populacional: 141 hab./km²
Placa de veículo: KB
Código postal: 6370
Código telefônico: 05356
Website: sítio oficial
Prefeito: Klaus Winkler
Partido no poder: ÖVP



Kitzbühel é uma cidade medieval situada no Tirol, na Áustria, junto ao rio Kitzbühler Ache. É o centro administrativo do distrito de Kitzbühel.


História[editar | editar código-fonte]

Os primeiros povoadores conhecidos chegaram entre os séculos XI e VIII AC. Eram mineiros, explorando o cobre das colinas da região.

Cerca ano 15 d.C., o imperador romano Augusto ocupou os Alpes e criou a província de Nórica. Após a queda do Império Romano do Ocidente, a região foi ocupada por bávaros, que começaram a desbravar as florestas.

No século XII, o nome Chizbuhel é mencionado pela primeira vez, num documento do mosteiro de Chiemsee. Chizzo está relacionado com um clã bávaro e Bühel descreve a sua localização sobre uma colina.

Kitzbühel tornou-se parte da Alta Baviera em 1255. Luís II, Duque da Baviera concedeu foral a Kitzbühel em 16 de Junho de 1271, tendo esta sido fortificada com imponentes muralhas. Durante os séculos seguintes, a cidade tornou-se um centro de comércio, cresceu constantemente e não foi afectada por guerras. Em consequência, as muralhas foram reduzidas ao nível do primeiro andar e usadas para construir casas novas.

Quando Margarete Maultasch desposou o duque bávaro Luís V, em 1342, Kitzbühel tornou-se parte do Tirol. Após a paz de Schärding (1369), foi devolvida à Baviera. Em 30 de Junho de 1504, Kitzbühel tornou-se novamente parte do Tirol, quando o imperador austríaco Maximiliano I conquistou Kitzbühel e Kufstein.

Maximiliano hipotecou Kitzbühel, de forma a que no fim do século XVI ficou sob o domínio dos condes de Lamberg. No 1 de Maio de 1840, Kitzbühel foi oferecida à Áustria, numa cerimónia.

As guerras dos séculos XVIII e XIX não afectaram a cidade, apesar de alguns habitantes terem participado nas rebeliões do Tirol contra as tropas de Napoleão. Kitzbühel tornou-se mais uma vez parte da Baviera, após o Tratado de Pressburg, mas acabou por ser reunificada com o Tirol após a queda de Napoleão, no Congresso de Viena.

Quando o imperador Francisco José resolveu finalmente as incertezas constitucionais ainda existentes e a linha de caminho-de-ferro Salzburg-Tiroler-Bahn foi terminada 1875, o comércio e a indústria da cidade prosperaram. Por outro lado, durante as duas grandes guerras, a cidade também se manteve distante das áreas de conflito.

Clima[editar | editar código-fonte]

Gráfico climático para Kitzbühel
J F M A M J J A S O N D
 
 
71
 
1
-8
 
 
67
 
4
-6
 
 
85
 
9
-3
 
 
82
 
13
1
 
 
109
 
19
6
 
 
157
 
21
9
 
 
172
 
23
11
 
 
151
 
23
11
 
 
103
 
19
8
 
 
74
 
14
3
 
 
82
 
6
-2
 
 
83
 
2
-6
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: ZAMG

Pessoas[editar | editar código-fonte]

Centro histórico de Kitzbühel.
O Hahnenkamm, em Maio.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Kitzbühel é uma das estâncias de esqui mais populares e de maior estatuto da Áustria, situada entre as montanhas de Hahnenkamm (1,712 m) e Kitzbühler Horn (1,996 m). O Hahnenkamm é palco de corridas do campeonato do mundo de esqui, incluindo a descida da colina Streif, que constitui o evento mais importante. No Verão, Kitzbühel também recebe um torneio de ténis em terra batida, o Aberto de Kitzbühel.

O Kitzbüheler Alpenrallye é um festival anual e automóveis antigos. Teve início em 1988.

A primeira viagem dos United Buddy Bears foi em 2004 a Kitzbühel, no seguimento da primeira viagem ao "mundo vastíssimo" – quando foram a Hong Kong e muitas metrópoles em todos os cinco continentes.

A cidade possui também o histórico Grand Hotel Kitzbühel, uma estância privada, destinada a formação e conferências, pertencente e gerida pela empresa de consultoria McKinsey & Company. O accesso ao hotel é geralmente limitado a membros e ex-membros da empresa e respectivas famílias.

Eventos esportivos[editar | editar código-fonte]

Cidades geminadas[editar | editar código-fonte]

Kitzbühel encontra-se geminada com:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Kitzbühel