Knyaz Suvorov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Encouraçado Knyaz Suvorov
Encouraçado Knyaz Suvorov
Encouraçado Knyaz Suvorov
Origem    Bandeira do país de origem
Lançamento setembro de 1902
Em serviço 1902-1905
Características gerais
Deslocamento 13,516t (standard;)
13,733t (full load)
Comprimento 121 m (397 ft)
Boca 23,2 m (76 ft)
Calado 8,9 m (29 ft)
Propulsão 2 motores à vapor de expansão tripla
12 caldeiras
1.580 toneladas de carvão
Velocidade 18 knots (33 km/h)
Autonomia 5,500 milhas nauticas (10,200 km/h)
Armamento 4 canhões de 305 mm
12 canhões de 152 mm
20 canhões de 75 mm
20 canhões de 47 mm
4 tubos de torpedo de 481 mm
Tripulação 754 homens

O Encouraçado Knyaz Suvorov ("Príncipe Suvorov") foi construído em São Petersburgo em homenagem ao General Alexander Suvorov, sendo comissionado em 1902.

Batalha de Tsushima[editar | editar código-fonte]

Após a destruição da Frota do Pacífico, o governo russo decidiu enviar a Frota do Báltico para combater os japoneses durante a Guerra Russo-Japonesa, o Almirante Zinovy Rozhestvensky assumiu o comando da frota e o Knyaz Suvorov tornou-se o carro-chefe. Após contornarem a África e o Cabo da Boa Esperança, a frota chegou ao Estreito de Tsushima, o Almirante Togo já sabia dos planos russos e havia posicionado seus navios no estreito, ao verem os russos, os japoneses atacaram em 27 de maio de 1905. O Suvorov contra-atacou o Mikasa, onde estava o Almirante Togo. O Mikasa e o Asahi atacaram o Suvorov. Um tiro destrói a ponte de comando do Suvorov ferindo o Almirante Rozhestvensky. O Imperador Alexandre III entrou na linha de fogo inimiga para salvar o Suvorov que conseguiu entrar num nevoeiro, onde pode apagar os incêndios e retornar para a batalha, à noite, um navio russo resgatou os feridos, inclusive o Almirante Rozhestvensky, pouco depois, 14 torpedos japoneses afundaram o Suvorov. O Almirante Nebogatov assumiu o comando da frota e no dia seguinte, os russos se renderam.