Kombucha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Kombucha é uma bebida feita a partir da fermentação de algum chá rico em cafeína, (mais tradicionalmente chá preto ou chá verde) pela adição de um biofilme rico em leveduras e bacterias acéticas entre outras em simbiose (colônia de Kombucha). Para a fermentação prepara-se o chá, normalmente chá preto ou verde mas pode ser qualquer chá desde que seja bem doce e que este chá não seja antibiótico natural. Depois de pronto e já resfriado é colocada a colônia de Kombucha e tudo isto é deixado em repouso para o processo de fermentação da bebida. Após alguns dias quando quase todo o açúcar foi fermentado, e a bebida está com sabor ácido mas ainda levemente doce está pronta a ser consumida.

História[editar | editar código-fonte]

O Kombucha vem sendo cultivado por milhares de anos por várias culturas, tendo menções na Bíblia (Rute 2:14) onde o proprietário de terras Booz convidou Rute durante sua coleta de grãos: "Vem cá e come um pouco de pão e mergulha teu bocado na bebida de vinagre! E ela se sentou ao lado dos ceifadores; e êle lhe alcançou cereal torrado e ela comeu e se saciou e ainda sobrou." Este relato bíblico de cerca do ano 1000 A.C. não somente nos dá uma indicação de seus hábitos nutricionais exemplares, apesar de serem modestos de acordo com nossa perspectiva, também vemos que, mesmo naquele tempo, as pessoas preparavam, com microorganismos, bebidas com ácido láctico e como elas serviam às pessoas como energia e refresco durante os árduos trabalhos da colheita. Durante as décadas de 1960 e 1970 a bebida tomou proporções globais, quando os hippies adeptos de praticas nutricionais naturais, difundiram o uso do chá fermentado. O ex presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan que sofria de um estágio metastático de câncer atribuiu a sua cura supostamente ao uso constante de uma bebida de chá fermentado, o kombuchá. O nome kombuchá vem de uma crença ocidental de que a colônia ou biofilme era na verdade uma alga marinha chamada kombu, e pelo fato de na Índia os chás provindos da Camellia sinensis serem chamados de cha ou chai. Descobriram depois que a colônia não era a tal alga, mas o nome já tinha pegado.


Kombucha sendo preparado a partir de chá verde.

Características[editar | editar código-fonte]

É uma bebida probiótica rica em ácidos, vitaminas e açúcares simples. Ajuda a regenerar a flora intestinal.

o kombuchá é uma bebida popular que em algumas culturas acredita-se ser um remédio natural para varios males, e que hipoteticamente promove a saúde e força física. Kombucha é uma colônia composta de microorganismos aglomerados em uma massa de celulose parecida com uma panqueca. Tal aglomerado simbiótico recebe o nome português de zoogleia ou biofilme.

Quando a colônia é colocada num recipiente contendo uma mistura do chá com o açúcar, transforma o líquido em uma bebida doce e azeda com uma fragrância frugal muito saborosa que pode fornecer diversos ácidos e nutrientes, excelentes para a saúde. A cultura de Kombucha se alimenta do açúcar e produz tais produtos finais que na bebida: o ácido glucurônico, ácido acético, ácido glucônico, ácido láctico, vitaminas, aminoácidos, e algumas substâncias antibióticas. Dentre outras substâncias, o álcool de 0.5% a 1% também é produzido, mas não caracteriza bebida alcoólica, caso a fermentação da bebida seja completa é formado o vinagre, que é rico em ácido acético produto da degradação do álcool pelas bactérias acéticas.

Propriedades[editar | editar código-fonte]

Abaixo está uma lista de alguns dos ingredientes principais encontrados no chá de Kombucha:

Várias enzimas, ácido acético, ácido carbônico, ácido fólico, ácido glucônico, ácido glucurônico, L(+) láctico, ácido de Usnic, aminoácidos (vários), ácidos hidróxidos (vários), vitamina B1 (tiamina), vitamina B2(riboflavina), vitamina B3 (niacina, niacinamida), vitamina B6 (pyridoxina), vitamina B12 (cobalamina, cyanocobalamina), vitamina C.

Outros nomes[editar | editar código-fonte]

Kombucha é também conhecido por muitos nomes diferentes: Kombuchia, chá do cogumelo, Cajnyj Kvas, Cha Gu, Heldenpilz, fungo do milagre, fungo mágico, elixir de vida, chá do gout, chá de Kombucha, fungo russo, cogumelo russo, esponja japonesa, o Tsche divino, vinho mongol, vinho indiano, japonicus fungus, levedura de Pichia, Cembuya Orientalis, Combuchu, Tschambucco, mola de Volga, Mo Gu, Locomelo, cogumelo da longa vida, Teekwass, Kwassan, chá de Kargasok, pseudo lichen, organismo de Kombucha, Olinka, cogumelo japonês, fungo japonês, o fungo do chá, fungo Indo-Japonês do chá, chá Kvas, TeaKwass, chá de Manchurian, scoby, Gerbstoffe, kambucha, chá da saúde, chá da levedura, cura do chá, Alga Marinha.

Kombucha, no entanto, não é um cogumelo, um fungo ou alga. Trata-se de uma zoogleia, um biofilme resultado de uma simbiose complexa entre espécimes de bactérias e leveduras.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]