Kool Herc

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kool Herc
Kool Herc.jpg
Informação geral
Nome completo Clive Campbell
Nascimento 16 de Abril de 1955
Origem Kingston
País  Jamaica
Gênero(s) Hip hop
Período em atividade 1967 - presente

Clive Campbell (16 de abril de 1955), também conhecido como Kool Herc e DJ Kool Herc, é um DJ jamaicano, considerado o fundador e Pai (Father) da Cultura hip hop em razão do fato de que suas festas (block parties) no bairro do Bronx em Nova Iorque terem estabelecido o formato e congregarem os elementos daquilo que depois viria a ser conhecido como Cultura Hip Hop. Sua reprodução de discos de funk, especialmente James Brown, foi uma alternativa paralela tanto para a cultura das gangues violentas do Bronx como para a popularidade emergente da música disco durante a década de 1970. Em resposta a reação dos dançarinos do país, Campbell começou a isolar a parte instrumental do disco - o "break" - e mudar de um break para outro constantemente.

Enquanto DJ Kool Herc é considerado o Pai (father) da Cultura Hip Hop, inclusive pela própria Universal Zulu Nation (vide a parte Hip Hop History do website da Zulu Nation)[1] , que é a Organização fundada por Afrika Bambaataa que é considerado o "padrinho" (godfather) da Cultura Hip Hop por ter sido o maior responsável pela difusão do termo "Hip Hop" a partir do início da década de 80 ao descrever aquilo que acontecia desde a década anterior.

A festa dada pelo DJ Kool Herc em parceria com sua irmã, Cindy Campbell, em 11 de Agosto de 1973 na Avenida Sedgwick, 1520, é considerada simbolicamente como a "data de nascimento" da Cultura Hip Hop e aquele endereço (1520 Sedgwick Ave) é considerado o local de nascimento (birthplace) da Cultura Hip Hop[2] . A Avenida Sedgwick 1520 é reconhecidamente [3] ponto turístico obrigatório aos hip hoppers que visitam a cidade de Nova Iorque[4] é um dos pontos de visita da Hush Tours. No ano de 2013 houve a comemoração dos 40 Anos da Cultura Hip Hop com um grande concerto ao ar livre ocorrido no Central Park[5] , com a presença de grandes ícones da Cultura Hip Hop como o Rakim (Eric B & Rakim), DAS EFX, Marley Marl, Roxanne Shante, Big Daddy Kane [6] , DJ Grand Wizard Theodore (o inventor do Scratch) e vários outros que dividiram o palco com Kool Herc [7] . Nesta ocasião a TATS CRU, uma das mais renomadas crews de Graffiti do planeta fez em agosto de 2013 um mural de comemoração dos 40 Anos da Cultura Hip Hop no Bronx e o antigo 5 Pointz (galeria a céu aberto de Graffiti) também fez uma festa comemorativa [8] .

Usando dois turntables dos toca-discos dos aparelhos dos DJs, o estilo de Campbell levou ao uso de duas cópias do mesmo registro para prorrogar o break (sessão instrumental rítmica percussiva da música). Este breakbeat, que usava hard funk, rock, e percussões latinas, formou a base da música Hip Hop. As comunicações e exortações de Kool Herc levaram os dançarinos a procurarem um acompanhamento sincopado e com rimas faladas, que hoje é conhecido como rap. É creditado como o inventor dos termos b-boy e b-girl para os dançarinos de Breaking, vulgar e equivocadamente conhecido como breakdance. O estilo de Campbell foi rapidamente utilizado por artistas como Afrika Bambaataa e Grandmaster Flash.

Biografia[editar | editar código-fonte]

1520 Sedgwick Avenue[editar | editar código-fonte]

Frente do prédio 1520 Sedgwick Avenue, onde Herc tocou em suas primeiras festas.

O prédio situado na Avenida Sedgwick, nº 1520 é considerado o local de nascimento da Cultura Hip Hop (birthplace of Hip Hop) por ali ter acontecido a lendária festa em 11 de agosto de 1973 que é considerada simbolicamente o marco inicial da Cultura Hip Hop. Clive foi o primeiro dos seis filhos de Keith e Nettie Campbell, tendo nascido em Kingston, Jamaica, no dia 16 de abril de 1955. Enquantro crescia, ouvia nas festas do bairro o barulho dos populares sistemas de sons, conhecidos como dancehalls.[9] Mudou-se para Bronx, Nova Iorque em novembro de 1967. A criação da Cross Bronx Expressway por Robert Moses (concluída em 1963, mas a construção adicional continuou até 1972) tinha retirado milhares de habitantes do Bronx, principalmente das comunidades deslocadas da área principal, e levou ao uma "fuga branca" de pessoas de pele clara por serem desvalorizadas na região.[10] Muitos proprietários de terra recorreram a incêndios, a fim de recuperar o dinheiro através de apólices de seguros. Uma nova cultura violenta de gangues de rua surgiu em 1968, e se espalhou crescentemente por todo o Bronx em 1973.[11]

Campbell frequentou o Alfred E. Smith Career e o Technical Education High School no Bronx, onde sua altura, estatura e o comportamento na quadra levaram a seus companheiros o apelidarem de "Hércules". Ele começou a fazer grafite com um crew chamado Ex-Vandals, onde usou pela primeira vez o nome de Kool Herc.[12] Herc tentou convencer seu pai a comprar uma cópia de "Sex Machine", canção de James Brown, a qual posteriormente seria alvo de uma das suas primeiras mixagens.[13] Ele e sua irmã, Cindy, começaram a organizar festas de escola no 1520 Sedgwick Avenue, edifício da propriedade de sua família.[14] Seu primeiro sistema de som consistia em dois toca-discos e um amplificador de guitarra.[13] Com a afiliação dos clubes com a presença das gangues de rua, os DJs começavam a tocar discos cada vez mais antigos e com aspirações diferentes, e os comerciais de rádio solicitavam o restauro da comunidade antes do surgimento das gangues.

Referências

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

[1]

[2] [3]

  1. http://www.bbc.com/culture/story/20130809-the-party-where-hip-hop-was-born
  2. http://www.bbc.com/culture/story/20130809-the-party-where-hip-hop-was-born
  3. http://www.cincystreetdesign.com/1520_Sedgwick/