Krig-ha, Bandolo!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Krig-Ha, Bandolo!)
Ir para: navegação, pesquisa
Krig-ha, Bandolo!
Álbum de estúdio de Raul Seixas
Lançamento 1973
Gravação 1973
Gênero(s) Rock and roll, folk rock, country rock, baião, gospel
Duração 28:52
Idioma(s) Português e Inglês
Formato(s) LP e CD
Gravadora(s) Philips
Produção Marco Mazzola e Raul Seixas
Cronologia de Cronologia de estúdio por Raul Seixas
Último
Último
Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão das 10
(1971)
Os 24 Maiores Sucessos da Era do Rock
(1973)
Próximo
Próximo

Krig-ha, Bandolo! é o primeiro álbum solo do cantor e compositor brasileiro Raul Seixas, gravado na Philips e lançado em 1973.

História[editar | editar código-fonte]

Este é o primeiro álbum de grande sucesso de Raul Seixas, após tentativas frustadas com os discos Raulzito e os Panteras, de sua primeira banda e Sociedade da Grã-Ordem Kavernista Apresenta Sessão das 10, quando ainda era produtor.

O título "Krig-há, Bandolo!" faz referência a um grito de guerra do personagem Tarzan, conhecido à época nas revistas em quadrinhos da EBAL, e que significa "Cuidado, aí vem o inimigo".[1]

O álbum inicia com uma gravação de Raul cantando "Good Rockin' Tonight" aos nove anos de idade e possui alguns dos grandes sucessos do músico como "Mosca Na Sopa", "Metamorfose Ambulante" e "Ouro de Tolo". Este álbum também foi o primeiro de Raul, em parceria com o escritor Paulo Coelho, que tem destaque na música "Al Capone".[2] Além do enigmático disco, esta parceria rendeu a divulgação da Sociedade Alternativa, feita com a distribuição de gibis criados por Seixas e Coelho em plena ditadura militar.

Recepção[editar | editar código-fonte]

A revista Rolling Stone divulgou uma lista dos 100 maiores discos da música brasileira, na qual Krig-Ha, Bandolo! ocupou a 12ª posição. Além do álbum, o único outro disco de Raul Seixas que se encontra na lista é Novo Aeon, de 1975, no 53° lugar.[3]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Introdução: Good Rockin' Tonight"   Roy Brown 0:50
2. "Mosca na Sopa"   Raul Seixas 3:58
3. "Metamorfose Ambulante"   Raul Seixas 3:50
4. "Dentadura Postiça"   Raul Seixas 1:30
5. "As Minas do Rei Salomão"   Raul Seixas / Paulo Coelho 2:22
6. "A Hora do Trem Passar"   Raul Seixas / Paulo Coelho 1:50
7. "Al Capone"   Raul Seixas / Paulo Coelho 2:38
8. "How Could I Know"   Raul Seixas 2:36
9. "Rockixe"   Raul Seixas / Paulo Coelho 3:44
10. "Cachorro Urubu"   Raul Seixas / Paulo Coelho 2:08
11. "Ouro de Tolo"   Raul Seixas 2:51

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

  • Coordenação: Roberto Menescal
  • Direção Musical: Mazzola / Raul Seixas
  • Produção Artística: Mazzola / Raul Seixas
  • Técnicos: Ary / Luigi
  • Auxiliar Técnico: Paulo Sérgio / Luis Claudio
  • Corte: Joaquim Figueira
  • Capa: Raul, Paulo, Edith, Aldo e Adalgisa Rios
  • Foto da Capa: Cláudio Fortuna
  • Encarte: Adalgisa Rios

Músicos[editar | editar código-fonte]

  • Baixo: Paulo Cézar Barros - Alexandre
  • Bateria: Pedrinho / Bill French / Mamão
  • Guitarra: Raul Seixas / Jay Vaquer
  • Piano: Miguel Cidras / José Roberto
  • Teclados: Luis Paulo - Miguel Cidras Rivas
  • Berimbau: Paulinho Batera
  • Banjo: José Menezes
  • Pandeiro: Mazzola

Referências

  1. , Elton Frans,Roberto Murcia Moura Irmãos Vitale, Raul Seixas: a história que não foi contada, 103, 2000. ISBN 8574070874, 9788574070872
  2. http://www.legal.adv.br/20130826/raul-seixas-discografia-completa/
  3. "Os 100 maiores discos da Música Brasileira" - Rolling Stone Brasil, outubro de 2007, edição nº 13, página 109.
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Raul Seixas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.