Krisztián Pars

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Krisztián Pars
campeão olímpico
Atletismo
Modalidade Lançamento do martelo
Nascimento 18 de Fevereiro de 1982 (32 anos)
Körmend, Hungria
Nacionalidade Hungria húngaro
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Lançamento do martelo
Campeonatos Mundiais
Prata Moscou 2013 Lançamento do martelo
Prata Daegu 2011 Lançamento do martelo
Campeonato Europeu
Ouro Helsinque 2012 Lançamento do martelo
Bronze Barcelona 2010 Lançamento do martelo

Krisztián Pars (Körmend, 18 de fevereiro de 1982) é um atleta e campeão olímpico húngaro, especializado no lançamento do martelo.

Seu melhor arremesso foi de 82,45 metros, conseguido em setembro de 2006 na cidade de Celje, na Eslovênia.[1] Nos Jogos Olímpicos de 2008, Pars havia terminado em quarto lugar a prova do arremesso de martelo, mas com a desclassificação de dois atletas bielorrussos (que haviam ganho prata e bronze) por doping,[2] o húngaro herdou a medalha de prata.[3] Porém, em junho de 2010, o Tribunal Arbitral do Esporte reverteu a decisão do COI e restaurou a medalha dos bielorrussos, retornando Pars para o quarto lugar.[4]

Em Londres 2012, ele sagrou-se campeão olímpico da prova, com um lançamento na marca de 80,59 m,[5] mantendo a longa tradição húngara nesta modalidade, que inclui quatro campeões olímpicos e recordistas mundiais, Imre Németh (Londres 1948), József Csermák (Helsinque 1952), Gyula Zsivótzky (Cidade do México 1968) e Balázs Kiss (Atlanta 1996).

Em Moscou 2013, ficou com o vice-campeonato mundial e a medalha de prata com um lançamento de 80,30 m,[6] a mesma colocação do Mundial anterior, Daegu 2011, na Coreia do Sul.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Pars Krisztián. IAAF. Página visitada em 06/08/2012.
  2. Terra Esportes (11 de dezembro de 2008). COI retira medalhas de 2 atletas por doping (em português). Página visitada em 11 de dezembro de 2008.
  3. Krisztián Pars Biography and Olympic Results. Sports Reference. Página visitada em 27 de julho de 2010.
  4. CAS reinstates Olympic medals for hammer throwers. The Seattle Times (10 de junho de 2010). Página visitada em 8 de dezembro de 2012.
  5. Hammer Throw - M FINAL. IAAF. Página visitada em 06/08/2012.
  6. results. IAAF. Página visitada em 12/08/2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]