Krypto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Krypto, o Supercão (ou Superdog em inglês) é um cão fictício, personagem de histórias em quadrinhos da DC Comics, cuja primeira aparição se deu numa edição do Superboy Adventure Comics #210, em março de 1955. Essa história foi publicada no Brasil pela EBAL na revista "Superboy-Bi" n. 1 de abril-maio de 1967 [1] .

Origem (Pré-Crise, quadrinhos)[editar | editar código-fonte]

Krypto foi originalmente o cão da família de Kal-El em Krypton. Jor-El, pai de Kal-El, resolveu enviar Krypto num protótipo duma espaçonave antes de Kal, como um teste. Devido a um desvio na rota, a espaçonave só chegou a Terra quando Clark Kent era um adolescente, Superboy. Na Terra, não estando mais sob um sol vermelho, desenvolve uma série de poderes parecidos aos de Superman. O Krypto dos quadrinhos não fala. Na primeira história, Superboy fica feliz em encontrar seu mascote mas ao mesmo tempo fica preocupado com as travessuras do supercão que comete alguns desastres e com isso pensa em prender o animal mesmo ele respondendo aos seus assovios mas depois Krypto escapa para explorar o Espaço (o seu "quintal"), voltando à Terra apenas de vez em quando para visitar o dono.

Pós-Crise[editar | editar código-fonte]

Quando John Byrne mexeu na história de Superman em 1986, o Supercão foi uma das primeiras coisas que ele eliminou da origem do herói. Entretanto, por volta do mesmo ano, Byrne mostrou que havia um Krypto (igual a versão pré-Crise) vivendo com um Superboy numa dimensão chamada Mundo Compacto. Este Krypto foi afetado por kryptonita dourada, tornando-se um cão comum. Mais tarde, ficou subentendido que Krypto morreu quando General Zod, Quex-Ul e Zaora destruíram a atmosfera da Terra do Mundo Compacto.

Krypto de Bibbo Bibbowski[editar | editar código-fonte]

Bibbo Bibbowski, um coadjuvante das histórias de Superman, resgatou um cãozinho branco comum de morrer afogado e chamou-o de Krypto. Posteriormente, o cãozinho passou a ser o animal de Superboy (Kon-El).

Recentemente[editar | editar código-fonte]

Superman conseguiu trazer um Krypto de Krypton duma realidade alternativa criada por Brainiac, que passou a acompanha-lo em algumas aventuras.

Superman Annual #11 / Liga da Justiça sem Limites[editar | editar código-fonte]

No desenho animado Liga da Justiça sem Limites, Krypto faz uma breve aparição durante o episódio Para O Homem Que Já Tem Tudo (o qual é baseado em um comics do Superman que possui o mesmo nome). Entretanto, vale a pena ressaltar que Krypto não participa realmente da trama desse gibi / episódio, visto que, ele está presente em Kryton (num domicílio na Fazenda El nas proximidades da cidade de Kandor) junto com a fictícia esposa de Superman chamada Lyla Lerrol, seus 2 fictícios filhos Van-El e Orna-El, e Brainiac (que nessa estória é amigo e auxiliar de Kal-El). Contando com o fato de que, todos os kryptonianos que existiram estão vivos, porque Brainiac não explodiu o planeta Krypton e nem a gigante vermelha Rao. Tal como todos os outros kryptonianos, Krypto não tem superpoderes, por conta da alta exposição perante a radiação vermelha de Rao, e pela falta da captação da radiação do Sol amarelo da Terra.

Na verdade, esta estória se deve ao fato de Superman estar sob um profundo transe hipnótico sentimental, transe esse, causado pela Clemência (ou Mercenária) Negra (uma planta alien parasita produz sonhos e alucinações extremamente profundos), a qual "dada como presente e aniversário" por Mongul como uma forma de vingança contra o super-herói. Sendo assim, tudo (ou talvez quase tudo) que é relato, enredado e visto nesse capítulo são todos(as) os(as) ilusões, alucinações, desejos e sonhos perdidos mais profundos do âmago da alma do Superman.

Smallville[editar | editar código-fonte]

Na série da Warner Channel Smallville, Lois atropela um cão de pelo castanho, e leva para a Fazenda dos Kent, mas todos vem que ele não se machuca e possui super-força, vindo de um experimento na LuthorCorp que queria fazer cães especiais para fins militares, mas a unica coisa que ele possui de igual do Krypto dos quadrinhos é o nome, pois ele não vem de Krypton (apesar de Clark ter sugerido esse nome, visto que, Krypto ou Kryptos significa "oculto", "secreto" ou "misterioso" em grego). Sendo assim, Matha e Johnatan sugere para o cão o nome Shelby, porque esse era o nome do cão (ou talvez da cadela) que outrora ambos tinham como mascote.

Série Animada[editar | editar código-fonte]

Foi produzida pela Warner Bros. Animation e exibida no Cartoon Network. Essa comédia infanto-juvenil apresenta as tramas caninas do cachorro defensor de Metrópolis que veio do Planeta Krypton. Krypto atravessou as galáxias e é enviado como piloto de testes de um foguete criado pelo pai do Super-Homem, à Terra. Aterrissando em um terreno desconhecido, Krypto procura se familiarizar e busca um companheiro em nosso planeta. Acaba encontrando Kevin Whitney, um jovem solitário garoto que se torna seu braço direito. Com uma enorme variedade de superpoderes ( visão de calor, superforça e habilidade de voar ), Krypto começa a enfrentar vilões ( Mecanigato & Lex Luthor ) que ameaçam a segurança dos habitantes de Metrópolis.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Krypto possui todos os poderes de Superman, embora alguns reduzidos e outros ampliados, numa comparação homem x cachorro. Por exemplo, a força e resistência são menores que as de Superman (embora ainda consideradas "super"), mas, obviamente os poderes de audição e olfato de Krypto são muito superiores, exatamente como um cão comum tem audição e olfato muito superiores a um homem comum. Apesar de não falar (versão dos quadrinhos), Krypto tem inteligência similar a dum humano (nos quadrinhos, havia balões de pensamentos para mostrar que Krypto pensava). Por ser um cão Krypto é bastante subestimado por vilões que o consideram um "cachorro estúpido", o que lhe dar vantagens em missões em que tem de ajudar seu dono, Clark. Como o Superman, mantém as fraquezas a kryptonita, sol vermelho e magia.

Referências