Kurenai Sanshiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kurenai Sanshiro
紅三四郎
Mangá
Judo Boy
Autor(es) Ippei Kuri, Yutaka Arai
Ilustrador(es) Tatsuo Yoshida
Editora(s) Japão Shueisha
Revista(s) Shōnen Book
Data de publicação Janeiro de 1961 – Março de 1962
Mangá
Kurenai Sanshiro
Autor(es) Ippei Kuri
Ilustrador(es) Tatsuo Yoshida
Editora(s) Japão Shogakukan
Japão Shueisha
Revista(s) Weekly Shōnen Sunday
Weekly Shōnen Jump
Data de publicação 1968 – 13 de março de 1969
Anime
Direção Ippei Kuri
Estúdio Tatsunoko Productions
Exibição original 2 de abril de 1969 – 24 de setembro de 1969
Emissoras de TV Japão Fuji TV
Nº de episódios 26
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Kurenai Sanshiro (红三四郎?), O Judoca no Brasil[1] ou Judo Boy nos EUA é uma série de mangá e anime criada por Ippei Kuri, Yutaka Arai e Tatsuo Yoshida. A série animada produzida pela Tatsunoko foi ao ar em Fuji TV a partir de 2 de abril de 1969 a 24 de setembro de 1969, totalizando 26 episódios.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A série começa com um artista marcial adolescente chamado Sanshiro (dublado por Ikuo Nishikawa), formado na Escola Kurenai de Jiujitsu, e gira em torno da busca do assassino de seu pai. Um menino órfão chamado Kenbo (dublado por Kenbo Kaminarimon) e seu cão de estimação Boke (dublado por Hiroshi Otake), acompanham Sanshiro durante a história. No assassinato de seu pai, havia sido deixado um olho de vidro, o que comprovava que quem assassinou seu pai havia um olho só. Assim, muitos dos vilões que Sanshiro luta durante o curso da série tinha um olho ou tinham um olho escondido com um tapa-olho[2] .

O tema de abertura foi realizada por Mitsuko Horie (seu primeiro) quando tinha apenas 12 anos.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.